Como Funciona o Processo de Admissão de Funcionários?

Como Funciona o Processo de Admissão de Funcionários?

Há diversos fatores que englobam o processo de admissão de funcionários, desde questões burocráticas até a parte da integração de equipes. Para que você não cometa nenhum equívoco perante a lei, este artigo vai orientá-lo em como formalizar a admissão sem erros.

Recrutando colaboradores

A primeira etapa em um processo de admissão de funcionários é a seleção dos candidatos. Para isso, é necessário abrir a inscrição de determinada vaga, elencando os requisitos, cargo, atividades exercidas, salário, benefícios e outros detalhes que achar necessário.

Ao receber os currículos dos interessados, é importante realizar uma boa avaliação para analisar quem tem o perfil compatível com a empresa e com o que será proposto. Feito isso, agende uma conversa pessoalmente com os escolhidos e, caso necessário, realize dinâmicas. Passado essa fase, com mais informações sobre cada um, ficará mais fácil escolher o felizardo.

Documentos necessários para a admissão de funcionários

CLIQUE e baixe o ebook!

Feito a seleção e escolha do candidato, ele passará a ser um contratado da empresa. Para isso, será necessário elaborar um contrato e pedir alguns documentos para a efetivação, como:

• RG;
• CPF;
• Título de Eleitor;
• Carteira de motorista (caso tenha);
• Comprovante de escolaridade;
• Comprovante de residência;
• Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS) — após 48 horas, deve ser devolvida ao empregado com um protocolo de entrega e devolução assinado pelo mesmo;
PIS ou NIS;
• Certidão de nascimento e de casamento;
• Certidão de nascimento de filhos menores de 21 anos para cadastro de dependentes;
• Certificado de reservista ou prova de alistamento no serviço militar (para homens de 18 a 45 anos);
• Declaração de dependentes;
• Declaração de opção ou descarte do vale-transporte;
• Foto 3X4;
• Atestado médico admissional (agendado pela empresa empregadora e efetuado antes do início das atividades trabalhistas).

Já com relação ao que deve ser entregue pela empresa e assinado pelo colaborador, podemos citar:

contrato de trabalho;
termo de confidencialidade/responsabilidade;
• código de conduta;
• manual de políticas e normas internas (com todas as regras estabelecidas dentro da empresa).

Integração

Após toda a parte burocrática, agora é hora de integrar o novo funcionário. Aqui, o ideal é fazer uma visita pela instituição, sinalizando todos os ambientes e equipes.

Mostre onde ficam as salas de reunião, banheiros, copa, refeitório, sala de descanso, etc. Apresente o colaborador aos colegas de trabalho, apontando equipes, nomes e cargos de gestores.

Ao direcioná-lo para sua área, o gestor responsável deve ser instruído a passar todas as outras informações necessárias para o dia a dia de trabalho, como processos internos, ferramentas utilizadas dentro da organização, login e senhas, contato dos outros colaboradores, entre outros.

Veja o que você precisa para criar o seu negócio digital de sucesso, com um método que pode ser aplicado em qualquer segmento. CLIQUE e baixe o ebook!

Todas essas etapas são ideais em uma admissão de funcionários para que a pessoa se sinta parte daquele ambiente e esclarecida com relação aos aspectos que englobam a empresa. Dessa forma, certamente a integração será mais fácil e positiva para ambos os lados.

Gostou do conteúdo? Comente, compartilhe e continue acompanhando o Ignição Digital!

Fórmula de Lançamento - Inscrições Abertas

Este guia definitivo reúne a base de todas as minhas estratégias de marketing para alavancar vendas ou criar um negócio 100% digital do zero.

DIGITE SEU E-MAIL E BAIXE O SEU GUIA GRATUITAMENTE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *