Lei de Acessibilidade— Como Ela Deve Ser Aplicada no Mercado Digital?

Lei de Acessibilidade— Como Ela Deve Ser Aplicada no Mercado Digital?

A lei de acessibilidade prevê que as empresas sejam acessíveis a qualquer pessoa em diferentes dimensões, desde a arquitetura dos espaços físicos  até aos ambientes virtuais. 

Quando seu site não é acessível, além de infringir a lei, você também perde oportunidades de negócio. 

Para entender como tudo isso funciona, no artigo você vai ler sobre:

  • • o que é lei de acessibilidade?;
  • • importância da acessibilidade digital;
  • • oportunidades de negócio na acessibilidade digital;
  • • como deixar seu site acessível?

O que é a lei de acessibilidade?

Segundo o artigo 63 da Lei Brasileira de Inclusão nº 13.146, a principal lei de acessibilidade do Brasil: 

“É obrigatória a acessibilidade nos sítios da internet mantidos por empresas com sede ou representação comercial no País ou por órgãos de governo, para uso da pessoa com deficiência, garantindo-lhe acesso às informações disponíveis, conforme as melhores práticas e diretrizes de acessibilidade adotadas internacionalmente.”

A lei diz claramente que é obrigatório que todo site mantido por uma empresa deve ser acessível para pessoas com deficiência.

Caso seu site não atenda a esses requisitos, pode enfrentar processos judiciais promovidos por usuários com deficiência. Situações deste tipo já ocorreram em outros países, porém ainda não no Brasil. Mas o ideal é não esperarmos que aconteça para mudar.

Importância da acessibilidade digital

Para atender a lei de acessibilidade, a empresa deve adotar uma série de recursos que possibilitam que qualquer pessoa consiga navegar e interagir na web, sem precisar de ajuda.

A grande importância de proporcionar acessibilidade é garantir mais autonomia às pessoas com deficiência, independentemente de qual seja sua dificuldade.

Porém, segundo o 3º Estudo de acessibilidade do Movimento Web, apenas 1% de todas as páginas da internet são acessíveis. 

Oportunidades de negócio na acessibilidade digital

Como vimos, poucos sites da internet respeitam a lei de acessibilidade e possibilitam que pessoas com deficiência consumam o conteúdo. 

Logo, ao criar um website acessível para sua empresa, maiores as chances de posicionar sua marca como inovadora e inclusiva, além de demonstrar preocupação com os problemas sociais.

Além de conquistar um diferencial para sua empresa, você ainda tem acesso a um mercado enorme.

Mais de 45 milhões de brasileiros possuem algum tipo de deficiência e são consumidores ativos. Quando seu site institucional não é acessível, você deixa de se comunicar com todas essas pessoas e perde oportunidades de vendas.

Logo, atender a lei de acessibilidade é também criar a possibilidade de oferecer produtos e serviços a um público que, geralmente, não tem acesso, mas que quer ou precisa das soluções que sua marca oferece.

Como deixar seu site acessível?

Para ser considerado acessível, seu site deve abranger o maior número de pessoas possíveis, incluindo quem tem cegueira, baixa audição, limitações cognitivas ou motoras e dificuldades de aprendizagem.  

Atualmente, existem diversas ferramentas e empresas especializadas em acessibilidade digital que irão deixar seu site dentro dos novos parâmetros da lei:

GoodBros

É uma empresa de consultoria em acessibilidade que ajuda empresas (espaços físicos e websites) a se tornarem mais acessíveis em sua comunicação. Também promovem o engajamento e a inclusão entre colaboradores sem e com deficiência.

BrowseAloud

Essa aplicação adiciona fala e leitura ao seu site, o que permite que o usuário com deficiência visual, de impressão, dislexia ou baixa escolaridade tenha acesso e compreendam o conteúdo que você publicou.

Hand Talk

Voltado para o público surdo, esse aplicativo traduz o conteúdo da sua página na web do português para Libras – Língua Brasileira de Sinais. 

Leitor de ecrã

Aplicativo de software que converte os textos em uma síntese de voz, o que permite que o usuário ouça em vez de precisar ler. Assim, pessoas com deficiência visual terão acesso aos conteúdos do seu site.

Descubra se seu site é acessível

Além disso, existem algumas ferramentas que escaneiam seu site ou aplicativo para verificar a acessibilidade:

  • • SiteImprove (Plugin para navegador Chrome);
  • • Scanner de Acessibilidade (Aplicativo para android) ;
  • • WAVE (Plugin para o Chrome para detectar erros de contraste no design).

Conclusão

A lei de acessibilidade determina que todos os sites da internet devem ser acessíveis, porém, apenas uma pequena parte das páginas digitais possuem recursos para que as pessoas com deficiência tenham acesso aos conteúdos online.

Por essa razão, ao investir na acessibilidade digital, sua marca conquista um grande diferencial competitivo, tem as chances de ter a imagem fortalecida e, ainda, aproveita oportunidades de negócio em um mercado pouco explorado. 

Gostou do artigo? Para conferir mais conteúdos sobre marketing, vendas e mercado digital, continue acompanhando o blog da Ignição Digital!

Fórmula de Lançamento - Ebook

Entre os dias 02 e 05 de agosto vai acontecer a Jornada 6 em 7, uma série de 4 encontros ao vivo onde eu vou mostrar como faturar 6 dígitos em 7 dias no seu negócio atual ou em um novo negócio online. Faça a sua inscrição gratuitamente:

FAÇA SUA INSCRIÇÃO

De acordo com as Leis 12.965/2014 e 13.709/2018, que regulam o uso da Internet e o tratamento de dados pessoais no Brasil, ao me inscrever autorizo Erico Rocha a enviar notificações por e-mail ou outros meios e concordo com sua Política de Privacidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *