Como Criar um Plano de Negócios Para Sua Startup

Dar início a uma empresa não é algo fácil. Além de conseguir todos os recursos para investir, também é fundamental muito planejamento. É isso que vai direcionar as suas ações, ajudá-lo a encontrar soluções prévias a eventuais obstáculos, certificá-lo de que a empresa realmente dará certo, conseguir investidores para suas ideias, entre outros benefícios. Aprender como criar um plano de negócios é fundamental.

Mas o que é um plano de negócios? Trata-se de um conjunto de informações e análises realizado pelo empreendedor para confirmar se a ideia na qual pretende investir é viável economicamente (e no âmbito mercadológico). Basicamente, esse projeto mostrará os custos, despesas do empreendimento, investimento inicial necessário, estratégia de crescimento e de marketing, bem como a projeção de receita e lucro futuro.

Tome nota: passos para criar seu plano de negócios

As startups são diferentes das empresas tradicionais. Em geral, enquanto as primeiras são mais focadas em oportunidades, as do segundo grupo nascem por identificar necessidades. Nesse sentido, podemos dizer que o objetivo das startups é quase sempre crescer muito e não apenas sobreviver.

Aprender como criar um plano de negócios é fundamental para ambos os casos, mas são as startups as que mais ganham com isso. É que o documento, como disse, reúne as principais informações que ajudam a descrever e entender o negócio e pode nortear os passos daqueles que estão investindo em produtos/serviços inovadores e, principalmente, identificar se haverá consumidores dispostos a pagar por essa oferta.

Enfim, o plano de negócios é fundamental para reduzir riscos e incertezas, afinal, é bem melhor errar no papel do que no mercado e perder todo o investimento realizado. O empreendedor também pode identificar seus pontos fracos e fortes e definir seu diferencial.

Vamos aos passos para criar um plano de negócios?

Analisar o mercado

O primeiro passo de como criar um plano de negócios é analisar o mercado. Depois de detalhar mais sua oferta, identifique quais são os seus concorrentes, público-alvo e fornecedores.

Entre eles, analisar seu potencial cliente é fundamental, afinal, é a demanda que determinará o sucesso de sua empresa. Procure saber tudo sobre ele, como interesses, comportamentos, perfil, entre outras características fundamentais.

Posicione o produto no mercado

Pense no posicionamento do produto oferecido para tentar prever como será sua aceitação no mercado. Considere aqui principalmente qualidade e custo-benefício: é aquilo que eu disse anteriormente, sempre devemos pensar se as pessoas pagarão por aquilo que estamos pensando em oferecer. Isso também será importante no desenvolvimento de estratégias de marketing.

Recurso necessários

Depois de desenvolver melhor sua ideia, vem o momento de pensar em como a colocará em prática. Aqui, vale fazer duas análises específicas. A primeira diz respeito ao plano operacional, que descreve a estrutura necessária para a empresa funcionar. O empreendedor também deverá estimar sua capacidade produtiva, quadro de funcionários necessários e quantos clientes poderá atender.

A segunda se trata do plano financeiro, em que o empreendedor identifica quanto deve investir para fazer seu negócio funcionar, considerando custos iniciais, despesas, receitas, capital de giro, fluxo de caixa e lucros. É por meio dessa análise que se descobre se o negócio é financeiramente viável.

Espero que esta sacada tenha ajudado você! Quer mais dicas para alavancar o seu negócio? Assine nossa newsletter e receba conteúdos gratuitos sobre empreendedorismo.

Fórmula de Lançamento - Inscrições Abertas

Este guia definitivo reúne a base de todas as minhas estratégias de marketing para alavancar vendas ou criar um negócio 100% digital do zero.

DIGITE SEU E-MAIL E BAIXE O SEU GUIA GRATUITAMENTE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *