Descubra Como Fazer o Fluxo de Caixa Projetado

Descubra Como Fazer o Fluxo de Caixa Projetado

O fluxo de caixa projetado é um recurso que auxilia a ter controle financeiro sobre a empresa. Isso porque ele orienta e ajuda a prever situações futuras que podem colocar em risco a saúde financeira do negócio, além de identificar oportunidades de crescimento.

Entenda melhor sobre o assunto neste artigo, lendo sobre o que é esse fluxo, para que serve e como criar um. 

O que é o fluxo de caixa projetado?

Proporcionando mais segurança para a empresa, o fluxo de caixa projetado avalia as entradas e saídas do caixa da organização em determinado período, fazendo projeções em longo prazo. Ele reúne as contas a pagar e receber e oferece mais clareza sobre a receita. 

Dessa forma, é possível realizar um planejamento financeiro mais seguro.

Para que serve o fluxo de caixa projetado?

Esse tipo de fluxo ajuda a dar uma visão geral do panorama financeiro da empresa e ainda contribui para uma gestão sólida. 

Ele serve para diversos pontos importantes dentro de uma empresa, como por exemplo:

  • • identificar sobras ou faltas na receita e, com isso, traçar um plano de ação para chegar ao equilíbrio; 
  • • antecipar situações de risco que podem prejudicar o setor financeiro; 
  • • prever se há recursos suficientes para cobrir despesas de determinado período; 
  • • realizar o planejamento financeiro da empresa; 
  • • analisar a liquidez da instituição; 
  • • gerenciar melhor o capital de giro; 
  • • identificar quais são os gastos e se há caixa suficiente para pagá-los;
  • • elencar as despesas prioritárias, os pontos que mais gastam e de onde vem a maior parte da receita;
  • • ter mais controle e segurança financeira. 

Por exemplo, vamos supor que sua empresa tenha despesas demais em determinado período. Você foi pego de surpresa e agora não sabe como pagá-las. Com o fluxo de caixa projetado, seria possível ter antecipado esse problema e já identificado um meio de solução, como recorrer a um financiamento. 

Além disso, seria possível identificar onde poderia ocorrer uma economia de gastos para conseguir cobrir essa despesa extra. Propor um projeto para diminuir a conta de água e luz para conseguir ter mais capital e pagar os valores das comissões, por exemplo, seria uma ideia analisada, avaliada e proposta.

Como fazer esse tipo de fluxo de caixa?

Para começar a aplicar esse importante processo dentro de sua empresa, você deve primeiramente estipular qual será o período que deve ser projetado. 

Comece com, no mínimo, 30 dias. Depois, quando for pegando o jeito, faça projeções não somente para um mês, mas para um semestre ou um ano. Assim, você estará sempre à frente e evita ao máximo qualquer imprevisto. Mas lembre-se de revisar esse fluxo! 

Feito isso, você deve coletar as informações necessárias para criar o fluxo de caixa projetado. São elas: 

  • • saldo inicial da empresa;
  • • despesas fixas e variáveis; 
  • • entradas — previsão e realizadas; 
  • • tempo entre os recebimentos.

fluxo-de-caixa-projetado-como-fazer

Com elas em mãos, será possível criar o plano de contas. Nele, as entradas e saídas mensais são consideradas para ter o saldo inicial do mês e em longo prazo. 

Essa parte é importante também para verificar áreas que gastam mais ou menos e onde é possível cortar gastos. 

Analisando os dados e projetando-os para um período maior, é possível realizar observações sobre as receitas e despesas da empresa. 

Com isso, você também conseguirá fazer a análise da viabilidade econômica — um item que faz parte do fluxo de caixa projetado. 

Essa análise vai identificar possíveis chances de crescimento para a empresa em longo prazo. Nela, são levados em consideração dados como: 

  • • salários;
  • • horas trabalhadas;
  • • comissões;
  • • décimo terceiro; 
  • • pagamento de férias;
  • • custos mensais, como água, luz, internet, aluguel, entre outros; 
  • • investimentos; 
  • • etc. 

Conclusão

Neste artigo você aprendeu sobre fluxo de caixa projetado, o que ele é e para que serve. Assim, pode entender sua importância para garantir o bem-estar financeiro da empresa, identificar os pontos de atenção, riscos e ainda as possibilidades de crescimento futuro. 

fluxo-de-caixa-projetado-para-crescimento-da-empresa

Por fim, obteve o conhecimento sobre como produzir esse fluxo, sabendo quais informações recolher para analisar e criar as projeções.

Aproveite para aprender também sobre outros assuntos que podem te interessar, como:

Continue acompanhando sempre o Ignição Digital para mais conteúdos como este e aprenda a gerenciar melhor sua empresa!

Fórmula de Lançamento - Inscrições Abertas

Este guia definitivo reúne a base de todas as minhas estratégias de marketing para alavancar vendas ou criar um negócio 100% digital do zero.

DIGITE SEU E-MAIL E BAIXE O SEU GUIA GRATUITAMENTE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *