O Que é CPC e Como Diminuir o Custo Com Efetividade?

O Que é CPC e Como Diminuir o Custo Com Efetividade

Investir em anúncios faz parte da estratégia de marketing digital. Se você deseja que suas páginas sejam vistas, seus serviços e produtos cheguem até a pessoa certa, mas sem precisar gastar muito, então é preciso entender o que é CPC (Custo Por Clique) e como diminui-lo.

O que é CPC?

Para você que quer saber o que é CPC, como falei no parágrafo acima, a sigla refere-se ao Custo Por Clique e está relacionada com os anúncios desenvolvidos e vinculados na internet.

Pode-se dizer que o CPC é um método de cobrança das campanhas de mídia on-line.

Como seu próprio nome sugere, ele calcula um valor de acordo com a quantidade de cliques que determinado anúncio obteve.

Para que serve o Custo Por Clique?

O Custo Por Clique serve para anunciar na internet e conseguir precificar estes anúncios.

Afinal, é preciso saber quanto está gastando no investimento do anúncio e se está tendo retorno com ele.

Antigamente, ao colocar um outdoor nas ruas e anunciar sua marca, não era possível identificar quantas pessoas você alcançou de fato.

Você não conseguia saber quem leu o anúncio e nem ao menos fazer a separação de pessoas que só viram, mas não foram impactadas.

Com o Custo Por Clique e a possibilidade de anunciar pela internet, esse não é mais um problema! É possível ter números concretos de quem só clicou ou de quem clicou e realizou alguma ação, por exemplo.

Por isso, saber o que é CPC e entender sobre ele é fundamental para garantir que você não está perdendo dinheiro com o que anuncia na internet, se está sendo efetivo e atingindo o público certo, além de entender os resultados que aquele anúncio está trazendo.

Essa métrica é ótima, principalmente, para quem tem como objetivo na estratégia obter mais tráfego para o site ou blog, além de entender mais a fundo os interesses e gostos do público.

Com o CPC, é mais fácil controlar o gasto que está tendo com base nos cliques que seu anúncio recebeu.

Assim, verá se está gastando muito e tendo pouco resultado, ou se está obtendo lucro — que é o que eu, você e todos nós desejamos.

Como funciona o CPC?

Agora que entendeu o que é CPC e para que serve, fica mais fácil compreender como funciona esse tipo de precificação.

Ela ocorre da seguinte forma: você paga pelo número de cliques que aquele anúncio recebeu.

Para o cálculo, é necessário dividir o total que gastou para aquela campanha pelo número de cliques recebidos. Ou seja, a fórmula é:

CPC = custo total/número de cliques.

Isso significa que você que está anunciando vai pagar pelos visitantes que irão clicar e ser direcionados para onde você deseja. E o CPC te mostra o valor que eles estão te custando.

Essa é apenas uma parte da estratégia e das métricas que ajudam a analisar os resultados de um anúncio.

Você pode ver o Custo Por Clique ser utilizado em campanhas no Google AdWords e Facebook AdWords, por exemplo.

Vamos supor que você faça um anúncio para vender um e-book que escreveu. Quanto te custou a produção deste material e qual a verba que separou para gastar nessa campanha?

Suponhamos que tenha um custo total de R$ 250,00 reais. Dessa forma, se você recebeu 100 cliques, isso significa que o CPC dessa campanha foi de R$ 2,50 — cada clique recebido te gerou um custo de R$ 2,50.

O CPC tem relação também com a compra de palavras-chave que você faz para aquele anúncio.

No Google AdWords, por exemplo, quem pagar mais por cada clique naquela determinada palavra, irá aparecer com mais destaque na página de busca do Google ou na Rede de Display (sites parceiros do Google onde seus anúncios podem aparecer).

Se no final da campanha você tiver atingido seus objetivos e faturado um número maior do que foi gasto, terá obtido sucesso em sua estratégia.

Como diminuir o custo do CPC?

Em qualquer campanha a intenção é diminuir os gastos sem perder o desempenho. Por isso, é importante seguir algumas dicas para ajudar a baixar o custo do CPC.

Mas como fazer isso?

A ideia central é melhorar seu anúncio e torná-lo cada vez mais assertivo para o público-alvo.

E isso começa com a escolha das palavras-chave da campanha. Quanto mais elas forem específicas e direcionadas para o que está divulgando, melhores serão os resultados.

Por exemplo, palavras muito amplas têm alta concorrência, pois outros anunciantes também querem usá-las. Lembra que falei que, basicamente, quem paga mais por determinada palavra tem mais chances de aparecer na primeira página?

Então, é esse o caso. Porém, se você optar por palavras mais segmentadas e diretas, a concorrência será menor e poderá ter a oportunidade de diminuir seu CPC e faturar mais.

Quer um exemplo? Você é uma loja de sapatos e fará um anúncio sobre sapatos femininos para o verão. Ao invés de escolher a palavra “sapatos” ou “moda calçado”, opte por “sapatos femininos para o verão”.

Dessa forma, você alcança pessoas que querem exatamente o que está oferecendo e ainda consegue diminuir seus gastos.

Confira outras dicas:

Segmente os assuntos

Além das palavras, é possível segmentar e direcionar ainda melhor cada campanha.

Não generalize! Quanto mais específico for, maiores são as chances de atingir quem deseja. Isso se chama encontrar seu potencial consumidor de forma personificada.

Seguindo o mesmo exemplo anterior, você pode ter um anúncio para falar sobre sapatos femininos de verão que custam menos de R$ 200,00 e, outro, para anunciar sapatos femininos de verão na cor preta.

Isso também tem bastante relação com fazer testes A/B, ou seja, utilizar a mesma forma de anunciar só que de maneiras diferentes.

Assim, você verifica qual delas traz mais resultado e entende melhor seu público. Isso ajuda na criação das próximas campanhas e também para quando a equipe está com dúvidas sobre o que dará mais retorno.

Escolha dias, horários e regiões

Analise os períodos em que seu público-alvo apresenta mais volume de buscas e potencialize os anúncios para esses dias e horários.

Já o contrário, você pode baixar o orçamento diário ou até mesmo o lance do CPC para determinados dias e horas em que o volume é baixo.

É possível, também, segmentar geograficamente. Ou seja, separar campanhas direcionadas para determinadas regiões.

Exclua termos de pesquisa negativa

Esse recurso ajuda a apagar alguns termos de pesquisa que podem fazer com que o usuário chegue até o seu anúncio sem ter interesse no produto, ou seja, sem ser o seu público.

Caso isso ocorra, ele não irá clicar e isso terá impacto negativo para o anúncio.

Além disso, a busca é por cliques qualificados, que irão, de fato, realizar a ação que você deseja.

Use técnicas de Copywriting

O Copywriting é um termo utilizado para técnicas que são aplicadas na hora de escrever um texto voltado para a publicidade e o marketing.

São pequenos detalhes que fazem a diferença e chamam a atenção do público, conseguindo obter mais resultados com uma chamada interessante e cativante.

Conclusão

Chegamos ao fim deste artigo. Nele, você aprendeu sobre:

  • • o que é CPC;
  • • para que serve;
  • • como funciona;
  • • e dicas de como diminuir o Custo Por Clique.

Agora que sabe da importância dessa métrica, é mais fácil compreender os resultados quando for analisar suas campanhas de marketing.

De modo geral, podemos concluir que o CPC vai mostrar o quanto você gasta por cada clique em seu anúncio e será uma meta para conseguir entender se está tendo prejuízo ou lucro com esse custo.

Ele é fundamental para sabermos se a estratégia de marketing está ou não tendo efeito.

Gostou de saber mais sobre o que é CPC? Siga acompanhando o Ignição Digital para mais dicas como esta e não perca nenhum conteúdo!

Fórmula de Lançamento - Inscrições Abertas

Este guia definitivo reúne a base de todas as minhas estratégias de marketing para alavancar vendas ou criar um negócio 100% digital do zero.

DIGITE SEU E-MAIL E BAIXE O SEU GUIA GRATUITAMENTE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *