Entenda Como Funciona e Qual a Importância do Teste de Perfil Comportamental

teste de perfil comportamental

O teste de perfil comportamental é um grande aliado do setor de RH na hora de contratar e desenvolver funcionários. Ele permite saber, por exemplo, quem tem mais espírito de liderança ou tem a criatividade como ponto forte, ajudando a alocar o profissional no cargo ideal. 

Todos os indivíduos são diferentes entre si. Identificar essas características e aproveitá-las no ambiente de trabalho é ótimo para a empresa, mas também para o profissional. 

Por esse motivo, diversas organizações estão começando a aplicar o teste de perfil comportamental nas suas estratégias. 

Como funciona o teste de perfil comportamental

Diferentemente de outras avaliações, o teste de perfil comportamental pode ser aplicado por um gestor de recursos humanos — não necessariamente por alguém da área de psicologia. 

A análise consiste em uma série de perguntas ou grupo de palavras. O entrevistado deve escolher as respostas ou termos que melhor se encaixam à sua personalidade. 

É importante que o profissional saiba que não existe certo ou errado na hora de preencher um teste de perfil comportamental. Responder que é mais adaptável não é melhor do que dizer que é mais analítico e vice-versa. 

Em geral, as pessoas possuem um pouco de várias características, porém, existem aquelas que predominam. Dessa forma, o resultado do teste é determinado pela maioria das respostas. Se alguém escolhe mais a opção A, é porque tem certos atributos e assim por diante. 

Quando aplicar o teste

Os testes de perfil podem ser aplicados em diversos momentos. Nos processos seletivos, a análise de características dos candidatos pode ajudar a encontrar os talentos certos para as vagas. 

Depois que profissionais já estão na organização, é importante acompanhar se eles mantém o mesmo comportamento. Caso a resposta seja negativa, pode ser por causa do clima organizacional. 

Outro momento em que vale a pena aplicar o teste de perfil é na hora gerir equipes. A avaliação pode ser uma maneira de mudar de cargo, talvez até para chegar a uma posição de liderança. 

Em todos essas situações, a análise dos colaboradores fortalece a cultura da empresa, uma vez que também ajuda a compartilhar os valores dela. 

Além disso, ele permite: 

  • – aumentar a produtividade, pois faz com que os profissionais ocupem os cargos certos;
  • – identificar perfis adequados para uma vaga, inclusive profissionais que já atuam na empresa;
  • – motivar as equipes, por mostrar que conhece e valoriza as características individuais; 
  • – reduz o turnover (saídas de funcionários), como consequência da motivação de todos;
  • – gerir possíveis conflitos aflitos, a partir da análise das personalidades.

Tipos de teste de comportamento

Existem diversos tipos de teste de comportamento que podem ser aplicados, sendo que cada um resulta em determinados perfis. Confira os principais!

Análise DISC

O DISC é uma das metodologias mais conhecidas para identificar perfis. Nesse teste, o indivíduo precisa avaliar uma série de palavras para determinar com quais se identifica mais. 

Para isso, são apresentados quatro termos de uma vez e a pessoa deve optar por uma. Por exemplo: inflexível, triste, agressivo e metido. 

Há quatro resultados possíveis no DISC: 

  • dominância: quando a pessoa reage aos desafios e adversidades da rotina. Costuma indicar também uma personalidade objetiva e competitiva;
  • influência: facilidade de comunicação e otimismo estão relacionados com esse perfil. São indivíduos que gostam de trabalhar em grupo e podem se tornar líderes; 
  • estabilidade: indica alguém que lida bem com mudanças e imprevistos. Também significa saber ouvir e ser paciente;
  • conformidade: característica que representa quem sabe acatar as regras, além de ser analítico e perfeccionista.

Entrevista STAR

A entrevista STAR costuma ser usada em processos seletivos de novos profissionais. Ela consiste em saber como o candidato reagiu em algum evento específico. 

Para isso, o entrevistador pode fazer uma pergunta como “você sabe liderar pessoas?”. A resposta precisa se basear em quatro aspectos: 

  • situação: em qual contexto o indivíduo agiu como líder; 
  • tarefa: qual era a responsabilidade naquela situação;
  • ação: atitudes tomadas para resolver o problema; 
  • resultado: o que foi atingido com as atitudes do profissional. 

Diferentemente do teste DISC, que gera perfis objetivos, como dominantes e influentes, na metodologia STAR, o resultado é mais subjetivo. O entrevistado consegue conhecer as características do indivíduo, mas sem categorizá-lo em um termo específico. 

Conclusão

Como visto, é muito importante aplicar o teste de perfil comportamental tanto no processo seletivo quanto quando os profissionais já fazem parte da equipe. Esse tipo de avaliação ajuda a identificar aptidões, formas de enxergar o mundo e até características a serem melhoradas. 

Além disso, o teste permite escolher qual função ou cargo é adequado para um indivíduo. Consequentemente, ele irá trabalhar motivado e será mais produtivo. 

As empresas têm muito a ganhar com a avaliação de perfis. A sua organização já adota algum teste desse tipo?

Continue acompanhando a Ignição Digital. Sempre temos novidades sobre empreendedorismo e gestão!

Fórmula de Lançamento - Inscrições Abertas

Este guia definitivo reúne a base de todas as minhas estratégias de marketing para alavancar vendas ou criar um negócio 100% digital do zero.

DIGITE SEU E-MAIL E BAIXE O SEU GUIA GRATUITAMENTE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *