Carreira em Y — Conheça a Tendência e Descubra se Sua Empresa Está Preparada

Carreira em Y — Conheça a Tendência e Descubra se Sua Empresa Está Preparada

Se você é um empreendedor que está em busca de fazer a melhor alocação de seu capital humano, reter seus talentos como ninguém e desenvolver as competências de seus colaboradores, a carreira em Y pode ser a estratégia certa para sua organização. 

Durante décadas houve uma linearidade e um padrão bastante limitado de possibilidades para o desenvolvimento de uma vida profissional. 

O colaborador poderia chegar em um cargo de gestão, mas quem não conseguia atingir o patamar mantinha-se na mesma posição, estagnado.

Foi para contornar exatamente esse tipo de problema e aproveitar os talentos individuais de cada colaborador para trazer benefícios para a organização que o conceito de carreira em Y surgiu. 

Ao longo deste artigo você aprenderá:

  • – o que é uma carreira em Y;
  • – quais são as características do conceito;
  • – como saber se é possível implementar na sua empresa;
  • – e mais!

Afinal, o que é a carreira em Y?

A primeira coisa que você precisa saber para entender o que é  carreira em Y é o modelo linear de trabalho que se manteve forte em nossa cultura por um longo período. 

Neste cenário, o colaborador era contratado para ocupar uma posição operacional e poderia se desenvolver dentro da organização, subindo para colocações como coordenador e gestor. Ou seja, a ideia era subir para um cargo em que decisões estratégicas deveriam ser tomadas. 

Essa modalidade, porém,  apresenta uma série de desvantagens para o funcionário e também para a própria organização. Veja:

  • – deixa de lado as características pessoais dos colaboradores;
  • – exclui uma série de profissionais competentes por conta da falta de oferta de cargos gerenciais;
  •  – um bom profissional pode não ter interesse em um cargo de liderança, por exemplo, mas isso não significa que ele não merece uma boa colocação ou que deveria ficar estagnado no mesmo posto;
  • – há colaboradores que, nesse cenário, mostrariam interesse no cargo de liderança apenas pelo status, sem real identificação com o tema.

No modelo em Y, todas as questões são resolvidas porque desenhou-se um novo modelo de cargos empresariais onde não há linearidade. 

Nesse cenário, o colaborador pode escolher se quer seguir para um cargo gerencial ou ser um especialista técnico em sua área. Ou seja, o Y significa que é possível seguir dois caminhos diferentes, valorizando seus conhecimentos e desejos profissionais. 

Em ambas as linhas há o mesmo reconhecimento envolvido. 

Quais são as características e vantagens da carreira em Y?

Além de resolver um problema que era intrínseco às organizações tradicionais, a carreira em Y ainda conta com uma série de características e vantagens que são bastante interessantes para empresas e colaboradores. Veja:

  • – aumento da satisfação dos colaboradores — porque eles enxergam que a empresa dá valor para suas competências individuais, o que também traz o aumento da produtividade;
  • – atrai e retém talentos — pois há a oportunidade de exercer uma função que realmente se adequa aos objetivos e conhecimentos do colaborador;
  • – desenvolve as competências adequadas ao colaborador;
  • – respeita as diferenças — estimula as aptidões individuais, mostra que a empresa se importa com as habilidades de cada um e enxerga que diferentes perfis pedem posições distintas;
  • – diminui o turnover — afinal, trabalhando em uma área onde tem mais afinidade, haverá menos chances do colaborador se interessar por um novo emprego.

Minha empresa está pronta para esse novo conceito?

Agora que você já entende o que é uma carreira em Y, chegou a hora de saber como estruturar esse plano em sua empresa e entender se ela realmente está pronta para esse tipo de implementação. 

A primeira coisa que deve fazer é entender qual o perfil dos colaboradores que atuam em sua organização. Dessa forma, é possível identificar possíveis pessoas que já contam com as características necessárias para ocupar a nova posição. 

Depois é a hora de definir quais serão as metas a serem batidas por esses profissionais para que possam subir de cargo. Entender se é necessário algum tipo de treinamento ou curso, por exemplo, também é importante. 

Além disso, também é necessário definir quais serão os benefícios oferecidos e a remuneração. Lembre-se de que as duas carreiras possíveis merecem o mesmo mérito e, portanto, remunerações semelhantes de acordo com o nível do cargo. 

Informar os colaboradores que, agora, há um novo caminho a se seguir também é importante. Formalize para todos as informações definidas internamente para que todos tenham a chance de pleitear uma vaga. 

Conclusão

A carreira em Y veio para renovar os ares de uma cultura organizacional que não contemplava mais todos os perfis de colaboradores. Com ela, é possível ascender dentro de uma empresa sem haver a necessidade de tomar um cargo de liderança. 

Neste artigo você aprendeu tudo sobre as vantagens e características de quem opta por essa nova modalidade, além de saber o que é preciso para implementá-la em sua empresa. 

Aqui na Ignição Digital nós oferecemos muitos outros conteúdos que, assim como esse, podem ajudar a escalar sua empresa. Confira as novidades!

Fórmula de Lançamento - Inscrições Abertas

Este guia definitivo reúne a base de todas as minhas estratégias de marketing para alavancar vendas ou criar um negócio 100% digital do zero.

DIGITE SEU E-MAIL E BAIXE O SEU GUIA GRATUITAMENTE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *