Síndrome de Burnout: O Que É e Como Evitar

Conheça os perigosos e saiba como evitar a síndrome de burnout

Dentro do seu trabalho ou empreendimento você se sente estressado, angustiado, triste, agressivo ou isolado? Caso tenha se identificado com pelo menos uma dessas características, saiba que isso não é normal. O que parece ser apenas cansaço ou estresse pode ser a Síndrome de Burnout!

Aprenda aqui no Ignição Digital as características do distúrbio e como evitar esse que é um dos males do atual mercado de trabalho.

Síndrome de Burnout ou esgotamento profissional

A Síndrome de Burnout é diagnosticada quando uma pessoa apresenta um estado de tensão emocional muito grande. Isso é decorrente de ambientes de trabalho estressantes e extremamente competitivos, o que torna esse distúrbio muito comum entre professores, vendedores, jornalistas, policiais, bombeiros, médicos e enfermeiros.

Quando o profissional chega nesse ponto, ele pode apresentar problemas psicológicos e corporais. O declínio do rendimento e as influências negativas na vida pessoal se tornam inevitáveis.

Esses são alguns dos sintomas característicos da Síndrome de Burnout:

– esgotamento físico e emocional;
– agressividade;
– isolamento;
– mudança de humor;
– fácil irritação;
– problemas de concentração;
– falta de memória;
– ansiedade;
– tristeza;
– pessimismo;
– baixa autoestima;
– sentimentos negativos.

Além de algumas alterações físicas como dores de cabeça e musculares, pressão alta, insônia, crises de asma, alterações no ciclo menstrual e doenças gastrointestinais e cardiovasculares.

Diferença entre estresse e Burnout

Diferença entre estresse e Síndrome de Burnout

O estresse no trabalho pode acontecer e normalmente ocorre quando o colaborador é obrigado a sair da zona de conforto. Porém, isso costuma ser passageiro, você pode apresentar essa condição durante alguns dias, mas depois de um tempo passa.

Já a Síndrome de Burnout ocorre durante um longo período, sendo agravada por vários outros sintomas que podem até mesmo ser confundidos com depressão. Os tratamentos devem ser indicados por psicólogos ou psiquiatras, incluindo terapias e medicamentos.

O mais importante para contornar essa situação são as mudanças de hábito e estilo de vida, como a prática de atividades físicas regulares, exercícios de relaxamento, meditação, sono regular e boa alimentação.

Como evitar a Síndrome de Burnout?

Comece com uma análise do seu trabalho para descobrir se existe sobrecargas ou tarefas desnecessárias na sua rotina. Caso perceba que existe um problema, não enfrente sozinho, peça ajuda aos colegas de trabalho, encarregados e familiares. O ideal é aprender a administrar melhor o seu tempo.

Cuide também do seu bem-estar, aumente o convívio com amigos, pratique atividades relaxantes, dance, veja filmes, escute música, leia, dedique tempo aos seus hobbies etc.

Uma sacada matadora é respeitar os horários de trabalho, refeições e descanso. Assim você se estressa menos e rende muito mais. Além disso, separe o lado pessoal do profissional. Deixe as queixas e problemas do trabalho no próprio trabalho e nunca leve os problemas pessoais para lá.

Se você possui algum sintoma, peça ajuda para família e procure especialistas. O coaching e a gestão de pessoas podem ser também excelentes saídas para diminuir os níveis de estresse dentro do trabalho.

Caso tenha achado este artigo útil, continue navegando pelo blog para entender mais sobre mercado de trabalho, empreendedorismo e assuntos afins.

Fórmula de Lançamento - Inscrições Abertas

Este guia definitivo reúne a base de todas as minhas estratégias de marketing para alavancar vendas ou criar um negócio 100% digital do zero.

DIGITE SEU E-MAIL E BAIXE O SEU GUIA GRATUITAMENTE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *