O Que é Reengenharia Organizacional e Como Implementar no Seu Negócio?

veja o que é reengenharia organizacional

A Reengenharia Organizacional é um método focado especialmente em metas e objetivos. Ela foi desenvolvida para que as empresas possam criar estratégias mais criativas e para muitas outras necessidades. 

Para entender mais sobre esse assunto e como aplicar na sua organização empresarial, veja neste artigo:

  • • o que é reengenharia organizacional?;
  • • para que serve a reengenharia organizacional?;
  • • quais são os tipos de reengenharia organizacional?
  • • como implementar o método no seu negócio?

O que é reengenharia organizacional?

Criado na década de 1980 por Michael Hammer e James Champy, a reengenharia organizacional é um sistema administrativo. De forma simples, ela pode ser descrita como uma forma de reestruturar processos internos para melhorar os resultados da empresa. 

Por meio desse método, é possível recriar alguns procedimentos da organização, como a forma de atender os clientes, a cultura organizacional e até a maneira de trabalhar. 

O conceito também pode ser descrito como a adoção de uma inovação capaz de provocar uma grande mudança na organização. Ela é diferente da reengenharia de melhoria contínua, pois o impacto é maior. Ou seja, é replanejar a empresa como um todo. 

Para escolher quais mudanças devem ser feitas, é necessário considerar se elas geram: 

  • • mais produtividade;
  • • redução de custos;
  • • mais satisfação dos clientes. 

Office, Negócios, Empresa

Para que serve a reengenharia organizacional?

A reengenharia organizacional pode promover três mudanças importantes em um negócio.

Do ponto de vista operacional, a reestruturação permite que a equipe atue de forma integrada, sem o excesso de níveis hierárquicos que podem causar conflitos. Além disso, é possível informatizar e integrar processos, melhorando bastante a maneira como eles são geridos. 

As mudanças também impactam a gestão de negócios, porque as barreiras entre fornecedores e clientes são rompidas. 

Dessa forma, essa estratégia garante os seguintes benefícios: 

  • • melhorar a execução de tarefas;
  • • modernizar a gestão administrativa;
  • • diminuir erros;
  • • reduzir gastos;
  • • aumentar os resultados e até as possibilidades de expansão do negócio.

Quais são os tipos de reengenharia organizacional?

A reengenharia organizacional pode ser de diferentes tipos. Veja só: 

  • • processos produtivos: nesse caso, a mudança ocorre no ciclo de atividades. Isso pode ser feito para implementar um novo sistema, por exemplo;
  • processos administrativos: consiste em alterações em todos os processos ou negócios organizacionais;
  • • sistemas: quando utiliza uma nova tecnologia, mas com o mesmo objetivo da anterior. Por exemplo: a troca de um software que mede a produtividade da equipe.

Inicialização, Start-Up, Cadernos, Criativa, Computador

Como implementar o método no seu negócio?

Para implementar a reengenharia organizacional em uma empresa, é necessário primeiro mapear os processos existentes e definir as estratégias a serem seguidas. A estruturação das mudanças podem ser feitas em algumas fases. Veja só: 

  • • preparação: etapa em que são listados os processos da empresa e o que precisará ser redefinido. Por exemplo: em alguns setores pode ser importante adotar uma ferramenta para otimizar a rotina. Isso será determinado nessa fase;
  • • planejamento: é o momento de verificar se tudo está pronto para que as mudanças sejam adotadas. Nessa fase, as empresas devem checar o caixa para a compra de novos sistemas, a adesão dos colaboradores e o prazo para que a reestruturação passe a valer;
  • • implementação: etapas em que todas as tarefas e atividades são analisadas para definir onde há deficiências e possibilidades de melhorias. É nessa fase ainda que os novos processos são colocados em prática. Uma ferramenta diferente, por exemplo, pode começar a ser usada aqui;
  • • avaliação de resultados: este é o momento de mensurar o que foi conseguido com as mudanças. Afinal, cada organização tem as próprias necessidades, e o que vale para uma pode não ser o melhor para outra. 

Conclusão 

Como visto nesse artigo, a reengenharia organizacional é uma forma de eliminar custos e otimizar a produção. Isso ocorre por meio de uma ou mais mudanças — que podem ser nas tarefas, partes administrativas ou sistema tecnológico. 

Basicamente, essas alterações podem ser colocadas em prática em quatro fases: preparação, planejamento, implementação e avaliação. É importante respeitar todas elas para que as mudanças sejam efetivas. 

Quer saber mais sobre o que você pode fazer para melhorar a sua organização? Veja outros conteúdos da Ignição Digital!

Fórmula de Lançamento - Ebook

Nos dias 4, 5 e 6 de Dezembro de 2020, eu vou realizar o meu evento FL Ao Vivo totalmente online. Serão 3 dias inteiros de evento com um único objetivo: acelerar o seu caminho até a faixa preta.

FAÇA SUA INSCRIÇÃO

Ao se inscrever, você também irá receber e-mails de promoção/marketing do Erico Rocha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *