Como Criar Meu Próprio Negócio? Dicas Do Que Você Não Deve Fazer

Como Criar Meu Próprio Negócio? Dicas do que Você Não Deve Fazer

Quantas pessoas você conhece que, ao serem questionadas sobre seu sonho, respondem “quero saber como criar meu próprio negócio”? Não vou me espantar se você disser um número grande.

Segundo uma pesquisa sobre empreendedorismo no Brasil patrocinado pela Sebrae, tornar-se seu próprio chefe é o terceiro maior desejo dos brasileiros. Então, como você pode imaginar, eu ouço muito “Erico, como criar meu próprio negócio?”. Ao invés de dar fórmulas prontas, eu procuro ajudar de outras formas. E é exatamente isso que farei neste artigo!

Tá, mas como criar meu próprio negócio?

O empreendedorismo por si só é correr riscos e, para que os negócios deem certo, a técnica é fundamental e muitos acabam cometendo pequenos erros que prejudicam todo seu investimento. E, convenhamos, você não coloca apenas capital na abertura de uma empresa, dedica grande parte de sua energia e tempo que poderia gastar com outras atividades, inclusive com a família.

Conhecimento e domínio de técnicas de gestão são fundamentais para se dar bem no empreendedorismo. Óbvio que não são todos que começam com esse aparato, certo? É por isso que existem mentores e afins, que oferecem toda sua experiência para orientar os empreendedores iniciantes.

Pensando nisso, resolvi ajudá-lo também com a minha experiência. Mas, para ficar mais fácil de saber o que evitar fazer, foquei nos erros mais comuns de serem cometidos por empreendedores de primeira viagem. São esses:

Não fazer um plano de negócios

Qual aspirante a empreendedor nunca teve uma ideia e já quis partir para a ação, colocá-la em prática o quanto antes? Confesso que realmente é empolgante quando temos insights inovadores, mas, quando se trata de abrir um negócio próprio, é fundamental elaborar um plano de negócios antes.

Já vi muitas empresas fecharem as portas com apenas meses de atuação por simples falta de planejamento. Por isso, tire um tempo para desenvolver melhor a sua ideia, definir um cronograma de metas e objetivos para colocá-la em prática, analisar os recursos necessários e o investimento necessário.

Você deve também fazer um estudo aprofundado sobre o mercado e seus potenciais clientes, de forma a posicionar o seu negócio e verificar a sua viabilidade tanto financeira quanto de demanda.

Não entender de negócios

Como Criar Meu Próprio Negócio? Dicas do que Você Não Deve Fazer

Se você faz doces deliciosos e decidiu abrir uma confeitaria, eu apoio muito porque conhecimento técnico é fundamental para o sucesso de um negócio. No entanto, você não conseguirá tocar sua empresa somente com isso.

É necessário entender de negócios, ou seja, gestão de empresa, recursos humanos, marketing, operações financeiras, enfim, todo o aparato intelectual que faça seu negócio funcionar. Do contrário, ele não será sustentável e é bem provável que você tenha que encerrar suas atividades prematuramente.

Ser desorganizado financeiramente

Ao começar seu negócio, é importante que você conte com uma boa administração financeira para controle dos gastos e ganhos. Se você não entende nada disso, sugiro que contrate um contador de referência para manter as contas em dia. Invista também em um bom fluxo de caixa para monitorar o que entra e o que sai.

Ah, outro erro bastante comum entre os empreendedores iniciantes é a confusão patrimonial, ou seja, misturar as finanças da empresa com as pessoais. Não faça isso! O empresário deve retirar do caixa um valor fixo mensal, semelhante a um salário, que é conhecido como pró-labore. Isso permitirá que os recursos sejam devidamente empregados em seu empreendimento de modo a expandi-lo.

Fixar preços sem considerar bem os lucros

Outro erro bem comum dos iniciantes é fixar preços de produtos de forma errada, o que afeta negativamente a sua margem de lucro. Mais uma vez voltamos à importância de dominar as técnicas de finanças para fazer cálculos assertivos e garantir lucratividade ao final do mês.

Achar que marketing é besteira

Muitos empreendedores que estão começando simplesmente ignoram a etapa de divulgação de sua marca e produtos. Mas ela é fundamental, principalmente no início, para você demonstrar a existência do seu negócio e atrair clientes.

Diferentemente do que muitos pensam, fazer marketing não precisa ser caro.
O marketing digital oferece estratégias acessíveis a qualquer um: você pode se relacionar com seu cliente e divulgar produtos e serviços nas redes sociais, em um site institucional e ainda construir autoridade no seu nicho de negócio por meio de um blog com conteúdos atrativos.

Essas são as dicas que considero mais importantes quando alguém me questiona “como criar meu próprio negócio?”. Ao segui-las, você evita cometer erros muito comuns e aumenta suas chances de sucesso. Caso queira conhecer ainda mais dicas sobre como abrir um negócio, leia também meu artigo sobre por onde começar para ter sucesso!

Fórmula de Lançamento - Inscrições Abertas

Este guia definitivo reúne a base de todas as minhas estratégias de marketing para alavancar vendas ou criar um negócio 100% digital do zero.

DIGITE SEU E-MAIL E BAIXE O SEU GUIA GRATUITAMENTE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *