Blockchain — O que É e Como Funciona

blockchain

Hoje vou falar de um tema que muitos tem me perguntado, o universo dos investimentos digitais. Os bitcoins vem atraído a atenção de milhares de pessoas ao redor do planeta por ser um investimento de alta lucratividade. Estima-se que uma moeda BTC esteja valendo R$37992.40, segundo a empresa FoxBit, que lida com transações no mercado de criptomoedas. Mas o que bitcoin e blockchain tem em comum?

A blockchain é a estrutura responsável por sustentar todo o sistema monetário dos bitcoins. A moeda digital é descentralizada, isso significa que não pertence a nenhum governo ou ordem privada. A sua circulação é garantida através de um sistema de rede que explicarei abaixo:

Como funciona o blockchain 

Também conhecido como “protocolo da confiança”, esse é o conjunto de operações responsável pela validação das transações em BTC, ou seja, é o processo pelo qual se movimenta e se geram moedas na rede.

De forma simplificada, os computadores que “mineram” os bitcoins também são os responsáveis  por “atestar e registrar” as transações. Por exemplo:

Quando um computador minera um bitcoin, ele precisa resolver um problema matemático de alta complexidade, ao terminar ele recebe uma fração da moeda como recompensa. Acontece que o cálculo dessa resolução é o sistema de registro das movimentações financeiras, que fica guardado em blocos de dados permanentes e descentralizados, por isso o termo “blockchain”.

Esses processos garantem a independência da rede monetária e a organização e circulação do BTC na nuvem.

Porque os bitcoins valem tanto dinheiro?

A estrutura de blockchain é a responsável pela valorização do BTC em relação aos outros sistemas monetários. Isso porque a cada operação matemática resolvida pelos computadores especializados em mineração, aumenta-se a complexidade dos cálculos e vai se tornando cada dia mais difícil extrair bitcoins novos e cuidar da gestão de custos do processo.

Além disso, o gasto de energia envolvido na extração das moedas ultrapassa a média anual de 159 países. O consumo chega a 0.13% do valor global gasto de acordo com a pesquisa realizada pela Digiconomist. Basicamente, a perspectiva é que os gastos energéticos da mineração virtual ultrapassem a eletricidade mundial até 2020. Por isso esse tema também tem gerado discussões ambientais.

Com a dificuldade de minerar as criptomoedas, o valor unitário se valoriza a cada dia, porém a instabilidade desse mercado traz grandes riscos de investimento. Da mesma forma em que os lucros aumentam, eles podem decair drasticamente. Os entusiastas em bitcoin precisam estar sempre alertas.

Você gostou de saber mais sobre a estrutura blockchain e bitcoins? Entenda mais sobre sacada de negócio e invista nesta nova moeda! Não deixe de acompanhar o blog Ignição Digital para mais conteúdos!

Fórmula de Lançamento - Inscrições Abertas

Este guia definitivo reúne a base de todas as minhas estratégias de marketing para alavancar vendas ou criar um negócio 100% digital do zero.

DIGITE SEU E-MAIL E BAIXE O SEU GUIA GRATUITAMENTE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *