Aprenda a Calcular o Índice de Endividamento da Sua Empresa

Aprenda a Calcular o Índice de Endividamento da Sua Empresa

Entender o índice de endividamento de sua empresa é importante para saber como está a saúde financeira dela e seu nível de inadimplência. Afinal, nenhum empreendedor quer se afundar em dívidas ruins que afetem o crescimento do negócio. 

Por isso, neste artigo, você saberá mais sobre:

  • • o que é o índice de endividamento?;
  • • para que ele serve;
  • • como calcular; 
  • • como funciona a análise do número obtido;
  • • e por que também é necessário saber o que é a composição do endividamento.

O que é o índice de endividamento?

O índice de endividamento é um número obtido por meio de um cálculo com base em dados retirados do balanço da empresa. 

Ele tem como objetivo avaliar o grau de comprometimento dos ativos com o passivo da instituição, mostrando qual é o nível de inadimplência e comparando se houve um aumento ou diminuição ao longo dos anos. 

Para que serve entender o grau de endividamento da empresa?

Esse número irá mostrar como estão as dívidas da empresa, se o cenário é saudável ou não. Ele serve tanto para empreendimentos físicos quanto digitais. 

Pense só que sua empresa entra em dívida porque não consegue pagar as despesas. Ou seja, não há receita suficiente para cobrir nem ao menos os gastos. Sendo assim, ela pode continuar se acumulando, o que é considerado uma dívida ruim para os negócios. 

Portanto, ter controle sobre esse grau é importantíssimo para saber como está a sua empresa financeiramente. Caso esteja com problemas, vale entender o que pode ser feito para solucionar e evitar maiores estragos. 

Além disso, se precisar de algum empréstimo bancário, ao analisar o crédito, as instituições poderão negar seu pedido, pois saberá que a empresa não terá condições para pagar aquela dívida. 

Mas engana-se quem pensa que o índice muito abaixo do mercado é bom. Essa situação pode ser um indicativo de que a empresa não está usando a alavancagem de forma correta, ou seja, os recursos recebidos e oportunidades externas, como investimentos. 

Já quando o número é alto, pode ser um sinal de alerta de comprometimento significativo do fluxo de caixa da empresa, levando até mesmo à falência. 

Como calcular o nível de endividamento da empresa?

Agora vamos entender como se faz o cálculo desse nível de endividamento, também chamado de EG. 

A fórmula é:

EG (Endividamento Geral) = [(Capital de terceiros / Ativos totais)] x 100

O resultado final desse cálculo vai mostrar qual é a % do ativo total da empresa que está comprometido para custear o total de suas dívidas. 

Mas lembre-se de que esse número apenas indica e não determina exatamente a saúde financeira do seu negócio. Ele ajuda a indicar como ele está indo, mas é preciso analisar esse dado em conjunto com outros pontos importantes, como:

  • • o objetivo da dívida: ela foi contraída para qual finalidade? Por exemplo, se você usou o capital de terceiros para financiar projetos rentáveis, ela pode ser considerada uma “dívida boa”. Agora, caso tenha usado para pagar dividendos, então isso pode ser um problema; 
  • • o custo da dívida: isso implica saber os juros cobrados e qual indexador vinculado. Quanto menor o custo, melhor.

Cálculo do nível de endividamento da empresa

Além disso, outro índice também é usado para saber sobre o endividamento das empresas — é o chamado “Composição do Endividamento”. 

Por que entender a composição do endividamento e como analisar?

O índice de endividamento identifica os ativos de uma empresa que estão sendo financiados por recursos de terceiros (dívidas que devem acabar em um prazo determinado).

Já a composição do endividamento indica a política de captação de recursos de terceiros, identificando se será de curto ou longo prazo, por exemplo. 

A CE é calculada da seguinte forma:

CE = (passivos curto prazo/passivos totais) x 100

Assim, esse número vai determinar se os indicadores de endividamento informam se a empresa está usando mais recursos de terceiros ou próprios.

Aqui, quanto menor o índice, melhor, pois significará que há um prazo maior para pagar as dívidas. 

Conclusão

Neste artigo você entendeu o que é o índice de endividamento, para que ele serve, como é calculado e ainda quais outros fatores deve levar em consideração para analisar em conjunto com esse número — como a composição de endividamento. 

Dessa forma, você consegue entender quanto a empresa está comprometida com as dívidas, qual o prazo para pagá-las e, junto com a análise dos outros pontos, identifica o objetivo da dívida e o valor dela para entender se é válida ou não, bem como se irá comprometer a saúde financeira da companhia.

Tenha mais informações sobre gestão empresarial no blog da Ignição Digital!

Fórmula de Lançamento - Ebook

Participe do meu grupo no Telegram! Sacadas e conteúdo exclusivo para quem quer se aprofundar mais no mundo do marketing digital, lançamentos e 6 em 7.

FAÇA SUA INSCRIÇÃO

Ao se inscrever, você também irá receber e-mails de promoção/marketing do Erico Rocha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *