Como ser um empreendedor individual?

Clique e descubra o que é um empreendedor individual

Recentemente, aqui no blog do Ignição Digital, eu mostrei para você como funciona o empreendedorismo individual, uma categoria de negócio dentro da legislação brasileira, que pode ser a saída ideal para muitos empreendedores. Hoje será um pouco diferente, você aprenderá, de fato, como pode se tornar um empreendedor individual. Confira a seguir.

O que é um empreendedor individual?

Para ser um empreendedor individual basta ter uma empresa que exerce atividade em nome da própria pessoa, ou seja, você precisa ser o dono titular do negócio. Logo, a empresa não poderá ter sócios e o titular não poderá ter participações em outros negócios. Ficou claro?

Além disso, outro ponto de atenção é que os patrimônios pessoais e empresariais do empreendedor individual serãos os mesmos aos olhos da lei, sendo que, em adversidades eles podem responder da mesma forma para quitações de dívidas.

Diferença entre microempreendedor individual e empreendedor individual

Em outro artigo eu apresentei para vocês o MEI (Microempreendedor Individual) como forma de regularizar os seus negócios digitais. O MEI apresenta várias vantagens e facilidades, contudo sua desvantagem primordial é que ele possui um teto anual de faturamento de até R$60 mil. Limitado, não é?

Já o EI ou Empreendedor Individual possui um teto para faturamento muito maior, podendo faturar anualmente até R$ 360 mil. Sendo assim, dependendo do nível do faturamento, o profissional será responsável por uma Microempresa ou EPP (Empresa de Pequeno Porte).

Por exemplo, uma pessoa que exerce trabalhos como manutenção de eletrônicos, jardinagem, aulas de dança, personal trainer, entre outras atividades moderadas, pode se enquadrar muito bem no teto de faturamento do MEI. Contudo, uma pessoa que exerce atividades mais rentáveis como contabilidade, arquitetura e prestação de serviços com terceiros, como segurança, limpeza, entre outras, pode ser melhor enquadrado como empreendedor individual.

Tributos cobrados para o Empreendedor Individual

O empreendedor individual terá de arcar com recolhimentos tributários referentes a 5% do salário mínimo para o INSS (Instituto Nacional de Seguro Social), além de uma taxa entre R$1 E R$5 para ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) e ISS (Imposto Sobre Serviços), respectivamente, quando necessário.

Entendeu o que é um EI? Agora que você já sabe como ser um, comece 2017 com o pé direito e invista no seu sonho. Aproveite e assine nossa newsletter para receber outras sacadas como essa em primeira mão!

Fórmula de Lançamento - Inscrições Abertas

Este guia definitivo reúne a base de todas as minhas estratégias de marketing para alavancar vendas ou criar um negócio 100% digital do zero.

DIGITE SEU E-MAIL E BAIXE O SEU GUIA GRATUITAMENTE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *