5 Tipos de Recrutamento — Seus Benefícios e Diferenciais

conheça os principais tipos de recrutamento

Contratar os profissionais é uma das tarefas prioritárias de todas as empresas. Afinal, eles são os responsáveis pelo sucesso dos negócios. Por essa razão, é importante conhecer os diferentes tipos de recrutamento. 

Assim, você será capaz de escolher o melhor processo seletivo para formar a sua equipe. Além do mais, é muito vantajoso saber as formas de contratar para que possa escolher aquela tem melhor custo-benefício para a empresa. 

Neste artigo, você saberá o que é um recrutamento: 

-interno;

-externo; 

-misto;

-on-line

-por indicação. 

Por que há diferentes tipos de recrutamento

Existem diversos tipos de recrutamento, pois cada organização possui algumas particularidades. Há situações em que vale mais a pena promover alguém que já atua na empresa do que buscar uma pessoa de fora, por exemplo. 

Assim como em outros aspectos ligados à gestão de negócios, não existe apenas uma forma de contratar. Até porque o mercado está se atualizando e novas formas de atrair talentos estão surgindo. 

Veja só quais são os principais tipos de recrutamento usados no momento: 

1. Interno

Como o próprio nome sugere, o recrutamento interno é aquele em que a busca por profissionais acontece dentro da empresa. Ao vagar uma cadeira de coordenador, por exemplo, é possível promover alguém da equipe que tenha potencial para o cargo. 

As vantagens para recrutar dessa forma são: menor custo por não precisar gastar horas à procura de perfis adequados e mais produtividade para a empresa, pois o colaborador já conhece bem todos os processos. 

Além disso, em empresas com política de recrutamento interno, os profissionais tendem a se esforçar para subir de cargo. A motivação é natural e ajuda a organização a entregar os melhores resultados. 

2. Externo

Por sua vez, o recrutamento externo é exatamente o contrário, isso é, buscar apenas talentos de fora da empresa. 

Nesse caso, a grande vantagem é oferecer diversidade para o time e pessoas com outras vivências. Consequentemente, o seu negócio pode ganhar novas visões e formas de encontrar as soluções no trabalho. 

Para esse processo seletivo, é necessário divulgar a vaga em meios de comunicação, como redes sociais e no próprio site. Por envolver a análise de currículos de profissionais que ainda não conhece, isso não é tão rápido. 

3. Misto

O recrutamento misto é a união do interno e do externo. A princípio, a empresa pode abrir a vaga apenas para quem já faz parte do time. 

Em seguida, a seleção é aberta para outros profissionais. Assim, todos têm a chance de ocupar a função, e a organização pode encontrar o perfil ideal para o que deseja. 

O critério de escolha deve estar alinhado com o propósito da instituição. Caso um colaborador interno tenha o mesmo desempenho que um externo, o primeiro pode levar vantagem por já conhecer a política organizacional — e ajudar a motivar a todos.

4. On-line

O recrutamento on-line é aquele que ocorre pela internet, o que facilita bastante para o recrutador e para o candidato. O grande benefício de conhecer os profissionais dessa forma é a agilidade, pois você pode entrevistar várias pessoas em um só dia. 

Apesar da facilidade de conversar com os candidatos, o ideal é filtrar quem irá entrevistar em um processo on-line, da mesma forma que faria se fosse presencial. Assim, você evita gastar um tempo desnecessário ao focar em pessoas com o perfil da vaga. 

Muitas empresas estão fazendo ao menos uma das etapas da entrevista de forma on-line. A realização de testes, por exemplo, é uma forma de avaliar os conhecimentos do candidatos, sem precisar que eles compareçam na empresa em  vários dias. 

Indicação

Recrutar profissionais por indicação também é uma realidade bastante comum nas empresas. Na prática, isso significa solicitar aos colaboradores que recomendem outras pessoas para concorrer a uma vaga.

O recursos da indicação é bastante interessante, pois ajuda a atrair, muitas vezes, pessoas que já querem trabalhar no seu negócio. Além do mais, os candidatos costumam ter experiência na função, pois é provável que tenham conhecido quem os indicou em alguma outra empresa ao trabalharem juntos. 

Embora ajude a atrair talentos e contratar rapidamente, não é indicado usar apenas esse recurso. Caso contrário, você não dará oportunidade para pessoas diferentes fazerem parte da sua organização. 

Conclusão

Independentemente de qual seja o segmento ou o tamanho da empresa, é importante planejar e se dedicar para recrutar os melhores talentos. 

Analise os diferentes tipos de recrutamento e opte por aquele que mais ajudará a sua organização. Lembre-se de que existem inúmeros profissionais esperando uma chance, tanto fora quanto dentro de sua empresa. 

Continue acompanhando o Ignição Digital para você se informar mais sobre gestão de negócios!

Fórmula de Lançamento - Inscrições Abertas

Este guia definitivo reúne a base de todas as minhas estratégias de marketing para alavancar vendas ou criar um negócio 100% digital do zero.

DIGITE SEU E-MAIL E BAIXE O SEU GUIA GRATUITAMENTE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *