O Que é Job Rotation e Quais Benefícios Traz Para o Colaborador?

saiba o que é o job rotation

O job rotation é uma prática que tem se popularizado nas empresas. Ele consiste em permitir que os colaboradores passem por várias áreas do negócio e não fique restrito apenas a um cargo. 

As vantagens desse tipo de rotatividade é que os funcionários podem adquirir um alto conhecimento sobre a organização, entendendo melhor os processos e como eles funcionam. Para a empresa, é uma prática excelente, uma vez que as equipes integradas geram resultados melhores e atuam de acordo com a cultura da organização. 

Quer entender melhor como isso é aplicado? Explicaremos para você neste artigo!

Como funciona o job rotation

No job rotation, o profissional trabalha em diversas equipes e exerce várias funções por um determinado período. Por exemplo: ele pode ser contratado para o marketing, mas pode passar pelo financeiro, comercial e produção. 

Essa prática é bastante conhecida em programas de trainee. Nesse caso, os futuros colaboradores trabalham em diversas áreas para que possam conhecer a empresa e/ou descobrir onde se encaixam melhor. 

Desse modo, pode-se dizer que o job rotation ajuda a tirar o profissional da sua zona de conforto e proporcionar mais conhecimento. Como a experiência dos profissionais é valiosa para a organização, ela também sai ganhando. 

Vantagens para o colaboradores

Para os funcionários, o job rotation é uma forma de adquirir conhecimentos práticos de uma área que, originalmente, não é a sua. Um profissional formado em Administração, por exemplo, pode não entender como funciona o setor de Marketing ou Tecnologia de Informação.

Outro aspecto importante é que a mudança de funções aumenta a sensação de desafio e de motivação. Afinal, boa parte dos colaboradores não quer fazer sempre a mesma atividade, pois isso gera estagnação e desinteresse.

Além disso, o contato com pessoas diferentes também permite aumentar o networking. Então, a mudança de tarefas não serve apenas para que os profissionais sejam melhores na organização, mas em sua carreira. 

Benefícios para a empresa

As empresas que adotam o job rotation possuem profissionais mais completos e que entendem como o negócio funciona como um todo. Por terem essa visão geral, os colaboradores podem contribuir de maneira mais assertiva para o crescimento organizacional. 

Por esse motivo, os treinamentos e workshops passam a ser opcionais. Como o profissional já vivenciou na prática a rotina em outras áreas, ele não precisa assistir aos cursos ou palestras sobre o assunto. 

Desse modo, a empresa economiza dinheiro e tempo. Ela não precisa, por exemplo, parar a produção para mostrar a todos como funciona uma área e por qual motivo ela faz as atividades da forma que faz. 

Como implementar o job rotation

Embora o job rotation seja mais usado quando alguém novo entra na empresa, esse processo pode ser solicitado a qualquer momento. O importante é ter em mente alguns aspectos antes de colocá-lo em prática. 

O primeiro passo consiste em avaliar os profissionais. É necessário que ele tenha ao menos o conhecimento básico da área em que irá atuar. Assim, poderá efetivamente ajudar aquela equipe e poderá absorver mais informações. 

Também é válido montar um esquema de aprendizagem ou atividades a serem desenvolvidas. Na área de finanças, por exemplo, o ideal é começar por contas a pagar para só depois ir para escrita fiscal. 

Outro aspecto importante consiste em preparar a equipe que receberá os colaboradores. Vale a pena conversar com o setor e escolher ao menos uma pessoa para ser o responsável por passar o conhecimento. 

No caso das rotatividades de profissionais que já fazem parte da empresa, é interessante permitir que os próprios colaboradores façam essa mudança. Para isso você pode: 

  • divulgar os objetivos e benefícios da prática; 
  • determinar o tempo que dura a mudança; 
  • incentivar que os profissionais escolham a nova área; 
  • realizar uma reunião de conclusão para todos compartilhem os aprendizados. 

É possível aplicar o job rotation em várias situações, como: aproximar o setor de vendas da produção, permitir que mais profissionais tenham contato com clientes e trocar os gerentes de equipes por um tempo. 

Conclusão

Como vimos, o job rotation é uma estratégica que pode ser usada pelas empresas para preparar melhor os profissionais. Por meio da troca de funções e atividades, os colaboradores podem ter novas vivências e conhecimentos,

Vale a pena adotar essa prática, pois ela permite o aumento do know-how, a consolidação da cultura da empresa, um maior engajamento da equipe e até a redução de custos com cursos. 

Saiba mais sobre gestão estratégica de negócios e marketing digital aqui no Ignição Digital!

Fórmula de Lançamento - Inscrições Abertas

Este guia definitivo reúne a base de todas as minhas estratégias de marketing para alavancar vendas ou criar um negócio 100% digital do zero.

DIGITE SEU E-MAIL E BAIXE O SEU GUIA GRATUITAMENTE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *