Você Sabe Como Usar a Segmentação Comportamental Em sua Estratégia?

segmentação comportamental

A segmentação comportamental é uma estratégia de marketing que tem como objetivo dividir diferentes tipos de clientes em grupos específicos de gosto em comum. Por exemplo, usuários que apresentam o mesmo perfil por produtos ou se encontram no mesmo estágio do funil de vendas. 

Há muitos benefícios e vantagens em fazer essa segmentação para as estratégias do seu negócio. Sabendo disso, hoje você vai aprender:

  • – como fazer a segmentação comportamental;
  • – benefícios e principais desvantagens;
  • – tipos de segmentação comportamental.

Como fazer a segmentação comportamental?

A segmentação comportamental une grupos de interesse comum como forma de direcionar estratégias de marketing mais efetivas para esses clientes. Se você é um empreendedor digital, certamente já deve ter ouvido falar do funil de vendas

Essa ferramenta auxilia nas estratégias on-line de compra, venda, engajamento e até mesmo no comportamento de um consumidor. Cada etapa, isto é, estágio do funil, diz respeito a um comportamento, veja só:

  1. topo: no topo se concentram as pessoas que ainda estão descobrindo o produto e/ou empresa, e aquelas que já identificaram que possuem “um problema” e que, de alguma forma, encontraram a empresa como solução;
  2. meio: no meio estão aqueles que já consideraram a empresa como uma possível solução, mas ainda não encontraram a oportunidade perfeita para comprar, por exemplo;
  3. fundo: por fim, no fundo, é onde estão aqueles que já estão quase 100% decididos para tornarem-se clientes. 

Claro que cada um desses estágios têm objetivos diferentes, como atração, nutrição e conversão. Além disso, estratégias específicas são feitas com o auxílio do marketing de conteúdo e do e-mail marketing, por exemplo.

O fato é que independentemente de qual etapa seus consumidores se encontram, todos eles devem estar segmentados em grupos diferentes, afinal, como você viu, o comportamento não é o mesmo. 

Agora você deve estar se perguntando: “mas como saber em que grupo um determinado consumidor se encaixa?” Por meio do histórico dele! Veja abaixo um exemplo:

Um usuário X consumiu seu conteúdo de blog sobre suplemento alimentar. Posteriormente, ele entra no seu site e procura sobre esses suplementos, mas não compra. Dessa forma, pode-se concluir que ele tem um certo interesse sobre o assunto. 

Todos os outros usuários que também apresentarem esse tipo de comportamento parecido com o do usuário X estarão no mesmo grupo dele. 

Sendo assim, com a segmentação comportamental, é possível promover e oferecer seus produtos de acordo com as necessidades do cliente. 

Quais são os benefícios e principais desvantagens?

Entre os benefícios de quem faz a segmentação comportamental, estão:

  • – economia nos esforços digitais;
  • – possibilidade de oferecer uma experiência melhor e personalizada;
  • – separa consumidores em “quentes e frios”;
  • – ajuda a criar autoridade de marca.

Além disso, é possível acompanhar as métricas do que realmente funciona para cada grupo e aumentar a probabilidade do público ser fiel à marca. 

Como qualquer outra estratégia esse método também possui suas desvantagens.Talvez a principal delas seja a mudança constante sobre os interesses de um consumidor. 

Todos os dias novas oportunidades entram no mercado e, com isso, podem mudar o comportamento do seu lead. Como você se baseia apenas em um histórico referente à personalidade, a mudança de interesse não poderá ser prevista. 

Ela pode acontecer por inúmeros fatores, como influência de amigos, familiares ou influenciadores digitais, e até mesmo a consideração de um preço melhor.

Tipos de segmentação comportamental

Assim como existem tipos de segmentação demográfica, psicológica e geográfica também existe o da comportamental. Eles são baseados em alguns comportamentos, sendo os mais comuns:

Ocasional

No comportamento ocasional os consumidores são diferenciados de acordo com ocasiões, ou seja, na maneira como compram ou usam um produto e no modo como sentem essa necessidade de aquisição.

Benefícios

A segmentação por benefícios é feita da classificação daquilo que os consumidores esperam encontrar em um determinado produto. Por exemplo, uma pasta de dente clareadora. Quem procura por esse produto deseja, além de limpar os dentes, branqueá-los.

Status de usuário

Aqui a ideia é segmentar com base no status do usuário, ou seja, em grupos de clientes atuais, ex-clientes, potenciais e aqueles que ainda não se tornaram um

Atitude

A percepção de um mesmo produto muda de consumidor para consumidor, por isso, é importante classificá-los como:

  • – entusiastas: aqueles que, de alguma forma, mostram-se animados por usar ou experimentar o produto específico;
  • – positivos: aqueles que possuem uma visão ou comportamento positivo em relação ao mesmo produto;
  • – indiferentes: aqueles que não possuem uma opinião formada, por não terem usado ou por não saberem se realmente querem experimentar;
  • – negativos: aqueles que não tiveram uma boa experiência e passaram a não gostar ou quem já tem uma pré-visão de que não existe um benefício no produto, por exemplo.

Conclusão

Hoje você aprendeu a importância da segmentação comportamental e como fazê-la. Agora está ciente dos benefícios e desvantagens, além dos tipos mais comuns de segmentação. Preparado para aplicar essa estratégia na sua empresa? 

Para mais conteúdos assim, veja o blog da Ignição Digital!

Fórmula de Lançamento - Ebook

Participe do meu grupo no Telegram! Sacadas e conteúdo exclusivo para quem quer se aprofundar mais no mundo do marketing digital, lançamentos e 6 em 7.

FAÇA SUA INSCRIÇÃO

Ao se inscrever, você também irá receber e-mails de promoção/marketing do Erico Rocha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *