Quando Uma Empresa Pode se Negar a Vender Para um Cliente?

saiba quando uma empresa pode se negar a vender para um cliente

Uma das grandes dúvidas dos empreendedores é sobre quando uma empresa pode se negar a vender para um cliente. Pode até parecer contraditório o questionamento, já que o desejo de todos é aumentar as vendas. 

Porém, ao entender que você não deve aceitar qualquer cliente, é possível focar em atender bem aqueles que realmente irão trazer resultados para a empresa. Além disso, as chances de fidelizá-los também serão maiores. 

Sobre esse tema, você irá ver neste artigo: 

  • • uma empresa pode se negar a vender para um cliente?;
  • • por que não atender a todos que batem à porta?;
  • • como atrair os clientes ideais. 

Uma empresa pode se negar a vender para um cliente?

Sim, uma empresa pode se negar a vender para um cliente quando perceber que ele não está alinhado à cultura do negócio e que, portanto, não irá agregar. Ou seja, ter o valor suficiente para pagar o seu serviço não é o único motivo a ser levado em consideração.

Pela lógica, é normal que os empreendedores queiram vender os serviços para o máximo de pessoas possíveis. Afinal, isso significa maior lucratividade. No entanto, a prática demonstra que é importante ir além do óbvio, caso deseje oferecer um trabalho melhor e tenha um negócio mais sustentável. 

Por que não atender a todos que batem à porta?

Existe uma frase do especialista em marketing Fabio Ricotta que fiz: “Ao abrir a porta para um cliente “errado”, você está fechando a porta para um certo”. Isso significa que, ao prestar serviço para alguém que não está alinhado ao seu negócio, você gasta parte do tempo que poderia direcionar para  projetos que geram mais resultados. 

Por exemplo: imagine que você aceita cuidar de um e-commerce, mas o cliente dá pouca liberdade para que as campanhas sejam criadas. Por não usar toda a sua expertise, você não atinge o rendimento que gostaria e, depois de alguns meses, perde essa conta. 

Durante o tempo em que atendia a loja virtual, a sua empresa poderia estar cuidando das ações de um cliente que entende melhor o valor do seu trabalho. Nesse caso, os resultados poderiam ser muito melhores e você manteria o cliente na casa. 

Como atrair e conquistar os clientes ideais?

Agora que você entendeu melhor que é possível uma empresa se negar a vender para um cliente, é necessário saber no que corresponde um consumidor ideal e como atrai-lo. 

Para definir quem é o seu cliente ideal, você pode considerar três aspectos principais: 

  • • mais retenção: qual é o segmento e o tipo de consumidor que mais permanece na sua empresa; 
  • • resultados: observe quais clientes conquistam mais resultados com o seu serviço e qual é o faturamento mensal deles. A partir desses dados, será possível filtrar os interessados;
  • • sinergia ou cultura: é importante entender no que o seu possível cliente acredita e no que dá mais valor. Se a sua empresa preza pela melhoria contínua e o interessado enxerga cada falha como um grande erro, por exemplo, então, essa parceria pode não ser vantajosa.

Depois de entender para quem deseja vender, faça anúncios direcionados para esse público. Dessa forma, você conseguirá alcançar novas pessoas e irá popularizar a sua empresa para quem ainda não a conhece. 

Caso alguém que está fora do perfil desejado entre em contato com a sua organização, não há problema algum em dizer que não pode ajudá-lo no momento. Nesse caso, a equipe comercial nem precisa gastar tempo apresentando a proposta, afinal, essa informação só deve ser mostrada para quem realmente irá comprar o seu produto. 

Para o cliente ideal, após a apresentação da proposta, é importante sugerir um data para que ele dê uma resposta. No fim desse prazo, se ele não retornar, a equipe comercial poderá fazer o follow — seja por e-mail, telefone ou outro canal — para saber se o projeto interessou e o contrato será fechado. 

Vale a pena demonstrar proatividade durante todo esse processo para que o interessado se sinta seguro e convencido a se tornar cliente. Caso a empresa apenas apresente a proposta e espere uma resposta, pode ser que a pessoa se interesse em contratar outra organização que foi mais incisiva na abordagem. 

Conclusão

Neste artigo, você viu que uma empresa pode se negar a vender para um cliente, caso ele não seja ideal para a organização. Ou seja, não basta ter dinheiro para contratar o serviço, é necessário ainda que haja uma sinergia para que o projeto alcance os melhores resultados. 

Além disso, abordamos também um pouco do que é interessante se questionar para descobrir quem é o cliente ideal e como atingi-lo da melhor maneira. 
Quer ter acesso a outras dicas para vender mais? Confira os conteúdos da Ignição Digital!

Fórmula de Lançamento - Ebook

Nos dias 4, 5 e 6 de Dezembro de 2020, eu vou realizar o meu evento FL Ao Vivo totalmente online. Serão 3 dias inteiros de evento com um único objetivo: acelerar o seu caminho até a faixa preta.

FAÇA SUA INSCRIÇÃO

Ao se inscrever, você também irá receber e-mails de promoção/marketing do Erico Rocha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *