MEI — Vantagens e Desvantagens de ser um Microempreendedor Individual

Após decidir regularizar seu empreendimento, o trabalhador informal, aquele que trabalha por conta própria e fatura até 81 mil reais por ano, é chamado de microempreendedor individual, ou MEI.

Em 2008, entrou em vigor a Lei Complementar nº. 128, com isso, foram criadas condições especiais para que o trabalhador se tornasse um MEI. Apesar do grande incentivo da mídia e de órgãos governamentais, através da propaganda massificada de como é vantajoso formalizar seu negócio, existe também o outro lado.

Neste artigo abordaremos alguns dos benefícios e deméritos de ser um Microoempreendedor Individual, confira!

Vantagens e Desvantagens de ser um MEI

Aos que optam por deixar a informalidade e se registrar como um MEI, são dadas algumas vantagens, como:

Simples e rápido

É necessário apenas acessar o Portal do Empreendedor, ou solicitar ajuda de um contador para sua formalização. Além disso, não há custo, e após cadastro, o governo imediatamente emite seu Certificado de MEI e Cartão CNPJ.

Baixo custo na contratação de funcionário

Pode-se registrar até 1 colaborador, com custo de apenas de 3% da previdência e 8% de FGTS do salário mínimo. O empregado contribui com 8% do seu salário para a Previdência.

Controles simplificados

Sem a necessidade de contabilidade formal, o MEI pode manter balancetes de suas receitas mensais, controlando entrada e saída de mercadorias, bem como de serviços.

Entretanto, apesar das vantagens apontadas acima, existem outros pontos negativos que envolvem abrir uma empresa ME, como por exemplo:

Pouco acesso a crédito

Devido ao faturamento limitado a R$ 81.000,00 (regra válida desde o início de 2018) no último ano, e como não há a necessidade de contabilidade formal, o MEI pode não dispor de documentação solicitada por bancos ao tentar um eventual empréstimo ou financiamento.

Risco de mercadoria apreendida

Ao fazer negócios fora do estado, por não possuir nota fiscal eletrônica, o empreendedor corre o risco de ter as mercadorias apreendidas pela fiscalização.

Limite de funcionários

Nesta modalidade, é permitido ao MEI contratar apenas um funcionário. Caso haja a necessidade da contratação de mais pessoas, a tributação de custos com contratações muda, e o negócio passa a ser uma microempresa.

Estas são as principais vantagens e desvantagens que um microempreendedor individual pode encontrar ao formalizar suas atividades. Caso queira saber mais sobre o assunto, acompanhe também nosso artigo sobre Como Funciona o Empreendedorismo Individual.

Fórmula de Lançamento - Ebook

Nos dias 4, 5 e 6 de Dezembro de 2020, eu vou realizar o meu evento FL Ao Vivo totalmente online. Serão 3 dias inteiros de evento com um único objetivo: acelerar o seu caminho até a faixa preta.

FAÇA SUA INSCRIÇÃO

Ao se inscrever, você também irá receber e-mails de promoção/marketing do Erico Rocha

2 thoughts on “MEI — Vantagens e Desvantagens de ser um Microempreendedor Individual”

  1. Um ótimo benefício também é o fato de que o MEI contribui para a previdência e assim garante acesso aos benefícios previdenciários. O Valor da contribuição é menor se comparado ao que é cobrado como autônomo. Parabéns pelo artigo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *