4 Exemplos De Indicadores De Produtividade

ndicadores-produtividade

Toda empresa deseja produzir cada vez mais e melhor. Mas para isso acontecer, é fundamental que o empreendedor esteja de olho nos indicadores de produtividade do negócio. Isso significa ir além dos números óbvios, como lucros, prejuízos ou despesas.

Essas ferramentas de produtividade mostram se, de fato, as áreas estão produzindo o necessário para atingir os objetivos dentro de vários quesitos importantes para a atividade empresarial.

Sabendo disso, no artigo de hoje você vai aprender:

  • – o que são indicadores de qualidade;
  • – 4 exemplos de indicadores que você precisa acompanhar de perto.

O que são indicadores de produtividade?

Os indicadores de produtividade são ferramentas estratégicas aplicadas em uma empresa, com objetivo de melhorar os processos de produção e  rendimento.

Com essas estratégias de produtividade aplicadas dentro de um negócio, é possível avaliar, corrigir e mensurar a quantidade de recursos utilizados para a produção de um determinado produto ou serviço, por exemplo.

Entre as principais vantagens para quem aplica, estão:

  • – otimização de dados;
  • – identificação de eventuais problemas;
  • – prevenção de riscos;
  • – aumento da qualidade de produção e entrega;
  • – controle e maior confiança de processos
  • – visão ampla do negócio.

Para inserir os indicadores de produtividade no seu negócio, primeiro, é preciso estabelecer um índice padrão para o processo que será avaliado. Feito isso, o resultado será obtido e ponderado. Por fim, faça uma comparação detalhada entre ambos.

Quais são os indicadores de produtividade?

Agora que você sabe o que são os indicadores de produtividade e para que  servem, conheça os quatro principais e aprenda a aplicá-los dentro da sua organização:

1. Indicador de qualidade

O indicador de qualidade está diretamente relacionado à satisfação dos seus clientes. Não adianta ter uma alta demanda de produção se o produto entregue não atende às expectativas dos compradores. Você precisa equilibrar a alta produtividade com qualidade!

Por isso, veja os números que indicam a eficiência do seu trabalho, podendo ser:

  • – número de elogios dos clientes;
  • – índice de entregas dentro do prazo;
  • – queda no número de reclamações.

Esses são só alguns exemplos de indicadores de produtividade que possuem relação com a qualidade do seu negócio.

2. Indicador estratégico

Geralmente, esse indicador é medido dentro de um período e, principalmente, norteia as decisões estratégicas da empresa.

A variação na quantidade de vendas em um determinado tempo é um indicador que mostra uma tendência de alta ou queda. Com esse dado, você toma decisões precisas para o resultado melhorar no período seguinte e, dessa forma, aumentar a produtividade.

3. Indicador de capacidade

A conta aqui é simples: confronte os recursos que possui com a quantidade e qualidade de entrega que pode fazer. Assim, você estabelece metas coerentes com o que é capaz de entregar, sem prometer aquilo que não pode fazer.

Nesse indicador de produtividade, olhe para o maquinário e para a quantidade de funcionários. A partir disso, estabeleça o que consegue fazer. Isso fará você verificar se há partes da empresa subutilizadas ou, ao contrário, se algum setor está trabalhando acima da capacidade, por exemplo.

4. Indicador de competitividade

Você não está sozinho no ramo de atuação, certo? Então é essencial observar como está a competitividade no setor para tomar decisões que destaquem o seu negócio.

Aqui, a ideia é comparar a sua empresa com as outras do mesmo ramo, isto é, seus concorrentes diretos.

Veja qual a fatia do mercado que ela ocupa, qual o tamanho em relação às demais e se os números são similares ou não ao dessas empresas. Assim, você ajusta as suas ações para melhorar os resultados empresariais.

Os indicadores são ótimos para engajar seu time e mantê-los por dentro de todas as técnicas, metas, recursos e resultados da empresa. Inclusive, faz com que eles participem mais efetivamente do processo de tomada de decisões.

Conclusão

No artigo você viu o que, de fato, são os indicadores de produtividade e quais são as vantagens de aplicá-los dentro de uma empresa. Além disso, conheceu os quatro principais, suas definições e a importância de cada um deles para a tomada de decisão de um negócio.

Gostou do artigo? Então comece hoje mesmo a colocar os indicadores que aprendeu em prática e faça uma avaliação da produtividade do seu negócio.

Agora que você já está por dentro deste assunto, que tal conhecer os 7 hábitos para alavancar o seu negócio e aumentar a produtividade? 

Para mais conteúdos assim, continue no blog da Ignição Digital!

Fórmula de Lançamento - Ebook

Participe do meu grupo no Telegram! Sacadas e conteúdo exclusivo para quem quer se aprofundar mais no mundo do marketing digital, lançamentos e 6 em 7.

FAÇA SUA INSCRIÇÃO

Ao se inscrever, você também irá receber e-mails de promoção/marketing do Erico Rocha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *