3 Dicas Sobre Como Fazer um Roteiro de Vídeo

3 Dicas Sobre Como Fazer um Roteiro de Vídeo

Investir na produção de conteúdo audiovisual, hoje, é uma ótima alternativa para diversos segmentos de negócio. Não só para vender, mas também para mostrar o posicionamento da marca e reforçar identidade, é bom ter conhecimento sobre como fazer um roteiro de vídeo e até mesmo para um podcast!

Quer saber como fazer um roteiro que agite, prenda e traga as pessoas para mais perto de você e/ou de sua empresa? Confira as dicas que separei neste artigo!

1. Como fazer um roteiro de vídeo — planejamento

Um bom roteiro não começa exatamente pelo “E aí, pessoal?” Típico do começo dos vídeos da internet e sim pelo planejamento, que deve ser cuidadosamente pensado para que a qualidade do roteiro não escape pelos seus dedos.

Para um planejamento preciso é importante pensar em quatro perguntas básicas:

“Para quê?”

Qual a razão exata para você produzir seus vídeos? E este em específico? Existe alguma meta relacionada a ele?

Tudo isso deve estar claro no planejamento inicial, pois poderá alterar as diretrizes do conteúdo propriamente dito.

“Para quem?”

CLIQUE e baixe o ebook!

Quem você quer que veja seus vídeos? Relacionar ao seu público ou cliente ideal é uma boa, mas tão bom quanto é tentar trabalhar de maneira abrangente, para conquistar um público diferente e até mesmo fisgar pessoas que você nunca imaginou que se interessariam.

“Onde?”

O seu vídeo será feito para a internet? Onde você irá compartilhar? Em quais redes? Pense: caso vá oferecer um conteúdo para Instagram, por exemplo, ele precisará ser mais curto do que um para LinkedIn, ou até mesmo para o YouTube.

Além da duração, caso deseje fazer um vídeo focado em mobile, talvez você saia ganhando se trabalhar mais as imagens e menos os sons, pois poucas pessoas estão realmente ouvindo algo ao mexer no celular.

“Como?”

Qual a linha básica que você seguirá para garantir que todas as respostas acima sejam atingidas? Quanto tempo terá o vídeo e o que haverá no conteúdo? Dicas, imagens? O que será discutido?

É importante ter essa linha primária para, então, iniciar o roteiro.

2. Decida o tipo e produza o roteiro

Afinal, como fazer um roteiro de vídeo? Bem, depois do planejamento feito, tudo fica mais fácil. É hora de partir para a produção!

O tipo de roteiro que você irá utilizar vai depender do vídeo a ser gravado. Existem três opções principais para você se espelhar:

Roteiro de texto direto

Basicamente, para quem fará vídeos sozinho, como os meus, essa é a melhor opção! Escreva tudo o que deseja falar em um papel, como achar melhor. Pode até imaginar-se já durante a gravação e trabalhar com palavras mais informais.

Uma boa dica para ele não ficar confuso é abusar das abreviações e outros artifícios para deixá-lo mais limpo e claro.

Roteiro técnico (duas colunas)

A grande diferença aqui é que, além do texto que será dito, em uma segunda coluna ao lado é explicitado o áudio a ser executado durante aquele excerto de fala.

A primeira coluna também pode ser utilizada para imagens, sendo que o áudio ao lado pode ser uma fala, como um mini documentário.

Veja o que você precisa para criar o seu negócio digital de sucesso, com um método que pode ser aplicado em qualquer segmento. CLIQUE e baixe o ebook!

Roteiro de cinco colunas

Este tipo de roteiro é para quando o vídeo conta com atores, cenas e situações que exigem mais cuidado com as descrições e trabalhos de corte. As cinco colunas são:

  • • Número da cena;
  • • Texto falado;
  • • Indicação de quem fala
  • • Letterings a serem inseridos;
  • • Descrição de cena

Ele é mais completo, mas pode ser demorado demais para produções simples, que podem se valer de, por exemplo, alguns roteiros de texto direto.

3. O que não pode faltar em seu roteiro?

Para que seu vídeo tenha qualidade e seja bem aceito por quem assisti-lo, você deve sempre focar em algumas características específicas:

  • • Falas claras e simples, principalmente em scripts de vendas;
  • • Simpatia na hora da gravação;
  • • Caso o assunto seja didático, alternar com alguns momentos de seriedade e reflexão pode ajudar na credibilidade;
  • • Universalidade — o conteúdo deve ser ao menos compreendido por qualquer tipo de consumidor. Sem isso, será nichado e reduzirá as possibilidades de abrangência.

Gostou das dicas? Confira mais aqui no Ignição Digital!

Fórmula de Lançamento - Inscrições Abertas

Este guia definitivo reúne a base de todas as minhas estratégias de marketing para alavancar vendas ou criar um negócio 100% digital do zero.

DIGITE SEU E-MAIL E BAIXE O SEU GUIA GRATUITAMENTE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *