Product Backlog — Exemplo De Como Ele Ajuda Na Gestão Do Negócio

Product Backlog — Exemplo De Como Ele Ajuda Na Gestão Do Negócio

O Product Backlog é uma lista de tarefas com prazos estipulados contendo todos os requisitos que precisam estar em determinado projeto. Não há uma tradução literal para a palavra, mas é importante entendê-la, pois oferece mais organização e precisão à criação de produtos e novas ações.

Um exemplo de como o product backlog ajuda na gestão é a possibilidade de comunicar a equipe quais as prioridades de desenvolvimento.

Ele está em constante mudança e atualização, sendo organizado de uma forma que vai de itens mais importantes e detalhados até itens em que se tem uma visão não tão clara ainda. 

Neste artigo, você verá:

  • o que é o product backlog;
  • exemplo de como product backlog ajuda na gestão do negócio;
  • o que é gestão ágil;
  • exemplo de como desenvolver um bom product backlog.

O que é o product backlog

Saber o que deve ser prioridade e qual tarefa devemos empenhar maior esforço é essencial não só no trabalho, mas também em nossas vidas. 

Por isso, projetos que são pautados em mudanças constantes, precisam de uma organização, para que saia tudo como esperado.

É disso que se trata o product backlog, diretriz principal do Scrum, a mais conhecida metodologia para gestão ágil de projetos. 

O que é gestão ágil?

As metodologias ágeis mais conhecidas são o Scrum e o Kanban, considerados frameworks ágeis. 

O backlog faz parte dessas metodologias e pode ser aplicado em ambas. No Scrum, por meio do product backlog ou do sprint backlog e no kanban, como sendo a primeira coluna, contendo todas as tarefas.

A metodologia ágil foi criada em 2001 por 17 desenvolvedores conceituados que se reuniram e criaram o “Manifesto para o Desenvolvimento Ágil de Software”.

Exemplo de como product backlog ajuda na gestão do negócio

Para que haja um bom funcionamento e gerenciamento de projetos, é essencial conhecer o product backlog. Ele é responsável por manter tudo de forma organizada, fazendo com que haja um bom andamento dos processos.  

Como vantagem para o negócio está a execução de várias tarefas simultaneamente, cada equipe focada em uma entrega. 

Assim, o cliente recebe e aprova pequenas entregas ao longo da execução do projeto, para que tudo esteja de acordo com suas exigências.

Diferente do método tradicional, que o cliente costuma receber apenas o produto final e nem sempre tudo está de acordo com o esperado. 

Para entender, na prática, como funciona o product backlog, vamos citar exemplos de impacto no dia a dia.

1. Flexibilidade de escopo

Como o product backlog está em constante mudança, é mais fácil determinar e flexibilizar o projeto. Tendo sempre uma visão sobre as prioridades, sem que haja um engessamento.

Com isso, você entrega valor ao cliente e um produto que foi cuidadosamente avaliado, em diversas etapas diferentes. 

2. Organização a longo prazo

A função principal é a organização. Com a lista do que é prioritário e como isso impacta no projeto final, a organização a longo prazo fica mais clara, mesmo com as mutações durante o projeto.

3. Inexigência de todos os detalhes de antemão

Um projeto de metodologia ágil não precisa de um planejamento completo desde o início.

Partimos de uma visão macro, com as informações iniciais que temos do projeto, ajustando com os detalhes no decorrer do trabalho. Com isso, as atividades são iniciadas com mais agilidade, sem que seja necessário ter todos os detalhes logo no início.  

 Exemplo de como desenvolver um bom product backlog

Para iniciar a lista de requisitos (também conhecidos como estórias) é preciso descrever tudo aquilo que o cliente deseja, com base em suas próprias palavras, sendo responsabilidade do Product Owner (dono do produto) — é o membro responsável por direcionar o projeto de acordo com a necessidade do cliente e das demais partes interessadas —  definir esse documento.

Essas estórias (ou itens do backlog) devem incluir primordialmente os seguintes campos:

 ID

É uma identificação única que tem como objetivo evitar que, ao mudarmos seu nome, percamos o controle sobre as estórias.

Nome

É importante atribuir um nome curto e descritivo para a cada estória, de forma que, todos os envolvidos no projeto, consigam entender minimamente do que se trata, apenas ao ler o nome.

Grau de importância

Definir qual é importância dessa estória na perspectiva do Product Owner (em relação ao cliente). Com essa pontuação, conseguimos definir a classificação de prioridades do projeto.

Estimativa inicial

São as estimativas do time para a conclusão de cada estória. Normalmente, essa estimativa também se dá em pontos, que está diretamente relacionada à complexidade de cada tarefa.

Se a pontuação estiver muito alta, uma dica é quebrar a tarefa em duas atividades, desta forma ficará mais fácil acertar na estimativa. 

Descrição

Nesse ponto é criada uma descrição de como a estória será demonstrada na apresentação do sprint. 

É como um passo a passo para demonstrar todas as funcionalidades e possibilidades do projeto.

Notas

Como o nome já diz, é o espaço para tomar notas sobre quaisquer informações extras que sejam relevantes ser anotadas, para deixar claro a respeito da estória.

Conclusão

Tão importante quanto entender os conceitos existentes por trás de um Backlog do Produto é saber trabalhar de forma correta na criação e manutenção do mesmo.

Sabendo trabalhar corretamente nele, será mais fácil manter a organização e uma visualização macro sobre o andamento do projeto. 

Gostou de aprender mais sobre o product backlog? Continue acompanhando o blog da Ignição digital para mais conhecimento!

Fórmula de Lançamento - Ebook

O Mundo FL é um encontro virtual de 3 dias inteiros, das 9h da manhã às 9h da noite, aprofundando o conteúdo da Fórmula de Lançamento com as sacadas, as táticas e as estratégias que eu e os meus faixas-preta aplicamos e fizemos funcionar nos nossos negócios ao longo de 2021. Garanta seu ingresso agora mesmo!

FAÇA SUA INSCRIÇÃO

De acordo com as Leis 12.965/2014 e 13.709/2018, que regulam o uso da Internet e o tratamento de dados pessoais no Brasil, ao me inscrever autorizo Erico Rocha a enviar notificações por e-mail ou outros meios e concordo com sua Política de Privacidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *