O Que é Churn e Como Mensurar?

Amigo empreendedor, você sabe o que é churn? Caso não saiba ainda, deve entender, antes de tudo, que ter conhecimento dessa métrica é importantíssimo para compreender grande parte de seu negócio. Não só isso, aliás. Saber essa taxa pode significar a total diferença entre o sucesso e o fracasso.

Quer descobrir mais? Leia este artigo que preparei e aprenda como esse conceito pode influenciar em sua empresa.

O que é churn?

Em linhas gerais, é o total de pessoas que deixa determinado grupo ou coletivo independentemente da razão. Para uma empresa, como é o caso que analisarei aqui, é basicamente o número de clientes que “foge do barco” — exatamente o que você não quer que aconteça.

Ter pleno conhecimento disso é essencial para que você tenha noção de como o seu negócio está caminhando. Afinal, só poderá saber se tudo está indo para a frente se vir que o número de clientes que entram supera a taxa de churn.

Como calcular a taxa de churn

Para facilitar possíveis análises, o ideal é fazer o cálculo da taxa de churn a partir de uma porcentagem. O crucial aqui é: não deixe de registrar os dados de sua empresa, se possível, semanalmente. Caso perca alguma informação, os cálculos não serão exatos.

Na hora de fazer as contas, não há muitas dificuldades. Selecione a quantidade de clientes que saíram no último mês e veja quantos porcento do total eles representam. Para isso, busque saber quando avaliar o desempenho da sua empresa.

No papel: imagine que você tenha 40 contatos na carteira de clientes atualmente, mas começou o mês com 60. Isso quer dizer que perdeu 20 clientes (um terço do total). Portanto, sua taxa para o mês é de aproximadamente 33%, entendeu?

Vale mencionar que essa taxa refere-se única e exclusivamente ao NÚMERO de clientes perdidos. Caso queira trabalhar com valores ou queda de receita no mesmo período, deverá utilizar o conceito de Churn de receita, também chamado de MRR.

Dica extra – Confira a taxa de Churn comum para seu ramo de negócio

Não importa o que aconteça, amigo empreendedor, não se desespere antes de fazer análises mais precisas.

Isso porque pode ser que você tenha uma taxa “alta”, de mais de dez ou 15%, por exemplo, e pode parecer absurda à primeira vista.

Porém, você só poderá concluir se é mesmo caso vá a fundo e busque aquilo que é comum para seu segmento. Alguns ramos de negócios tem taxas mais altas, mas mais rotatividade. Portanto, acalme-se e analise friamente tudo o que puder antes de tomar decisões!

Para mais dicas sobre negócios e insights de marketing, continue no Ignição Digital!

Fórmula de Lançamento - Inscrições Abertas

Este guia definitivo reúne a base de todas as minhas estratégias de marketing para alavancar vendas ou criar um negócio 100% digital do zero.

DIGITE SEU E-MAIL E BAIXE O SEU GUIA GRATUITAMENTE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *