Henry Ford — 4 Ensinamentos de Uma das Maiores Influências da Administração Moderna

saiba quem foi Henry Ford

Considerado um dos maiores inventores do setor automobilístico, Henry Ford tinha uma visão privilegiada. Tanto que a forma de ele gerir a empresa é adotada até hoje no mundo todo. Por isso, se você deseja aprender mais sobre Administração Moderna e crescer nos negócios, vale a pena conhecer os principais ensinamentos deixados por ele.

Afinal, Henry Ford conseguiu criar um império, em uma época que não havia tanta informação quanto atualmente. 

Neste artigo, você saberá: 

  • • quem foi Henry Ford e como funciona o fordismo;
  • • quais os principais ensinamentos deixados por ele com seu método próprio. 

Boa leitura!

Quem foi Henry Ford e como funciona o fordismo?

Filho de fazendeiros, Henry Ford nasceu em 1863, nos Estados Unidos. Desde criança, ele mostrava que tinha uma curiosidade fora do comum, principalmente para conhecer o funcionamento de máquinas e equipamentos. 

Aos 16 anos, o jovem começou a trabalhar como aprendiz de mecânico na cidade de Detroit. O trabalho fez com que Ford aprendesse sobre o funcionamento de motores a vapor. 

Algum tempo depois, se tornou engenheiro chefe da empresa Edison Illuminating Company, de Thomas Edison — criador da lâmpada incandescente e de muitos outros objetos. Já em 1903, ele fundou a Ford Company e lançou o Ford T, um dos modelos de carro mais emblemáticos de todos os tempos. 

A Ford Company não era uma fábrica comum. Sempre de olho nas tendências, Henry Ford se inspirou no taylorismo — modelo de administração sistematizado — para criar o próprio método, que ficou conhecido como “fordismo”. 

No fordismo, cada operário é especializado em uma parte do processo, ou seja, em algumas funções. O chassi do automóvel, por exemplo, passa por uma esteira enquanto os trabalhadores acrescentam as peças. Como se percebe, o método é adotado até hoje em vários segmentos, incluindo o de gastronomia e de moda. 

Além disso, essa forma de estruturar a linha de produção permitiu baratear o custo do produto, o que tornou o carro mais acessível à população. 

Quais foram os principais ensinamentos do fordismo?

Além de aplicar o que aprendia na própria fábrica, Henry Ford gostava de compartilhar conhecimentos. Por isso, ele escreveu um livro “Minha filosofia de indústria”, em que explica o que é o fordismo e as principais ideias que o levaram ao sucesso. 

1. Pensar em soluções é mais produtivo

A maior parte das pessoas pensa e foca nos problemas. Porém, o que traz resultados é propor soluções. Nesse sentido, Henry Ford não tinha medo de arriscar e errar. 

Por isso, o pai do fordismo estava sempre propondo melhorias para os carros. É atribuída a ele a frase: encontro soluções, porque qualquer um pode queixar-se

2. Funcionário feliz rende mais

No começo do século passado, a maior parte das pessoas trabalhava seis dias por semana em jornadas exaustivas. Mas para Henry Ford essa não era a fórmula do sucesso de uma empresa. 

Ele acreditava que os trabalhadores que tinham tempo para descansar e estar com a família poderiam render muito mais. Além disso, o tempo livre permitiria que a população consumisse os produtos que fazia.

A visão do empreendedor colaborou para a instituição de cinco dias úteis. Sem contar que isso ajudou a obter os resultados que todos conhecem, como a alta produtividade da fábrica e as altas vendas de carros.

3. Dinheiro e trabalho são sinônimos

Para Ford, tão nocivo quanto ganhar sem trabalhar é trabalhar sem ganhar. Afinal, o trabalho é o principal gerador de riquezas que um indivíduo pode ter. 

Analisando essa ideia para os dias atuais, pode-se concluir que, além de pensar em como desenvolver um bom trabalho, é importante saber precificá-lo. Muitas pessoas deixam de pensar nisso e até cobram bem menos do que poderiam por falta de visão estratégica. 

Porém, se um serviço é prestado, ele deve ser cobrado. Afinal, se ele ajudou alguém, é porque tem um preço, independentemente de qual seja. 

4. O insucesso é uma oportunidade

Em geral, fracassar não é aceito de maneira positiva na sociedade. Para o inventor, no entanto, o insucesso pode ser uma oportunidade para começar de novo. 

Ao observar que algo não deu certo, descobre-se uma forma de não fazer. Porém, existem muitos outros jeitos de desempenhar a mesma tarefa ou atividade. Então, que tal tentar diferente?

Conclusão

Mais do que um empreendedor, Henry Ford foi um homem à frente do seu tempo. Além do legado deixado pela marca de carros, ele também criou um método para produzir mais, ao mesmo tempo em que valorizava o trabalhador. 
Quer conhecer outras personalidades que fizeram história e podem servir de inspiração para os seus negócios? Confira na Ignição Digital!

Fórmula de Lançamento - Ebook

Participe do meu grupo no Telegram! Sacadas e conteúdo exclusivo para quem quer se aprofundar mais no mundo do marketing digital, lançamentos e 6 em 7.

FAÇA SUA INSCRIÇÃO

Ao se inscrever, você também irá receber e-mails de promoção/marketing do Erico Rocha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *