Conheça os 14 Princípios de Fayol para Administração e Gestão

14 princípios de Fayol aplicados

Os 14 princípios de Fayol fazem parte da Teoria Clássica de Administração. A aplicação dos conceitos ajuda as empresas a se organizarem e a obterem o tão almejado sucesso no mercado. 

De acordo com Jules Henri Fayol, engenheiro que propôs essas ideias na obra Administração Industrial Geral, o êxito não estava relacionado a características pessoais. Mas, sim, ligado aos métodos que ele empregava. Quer saber quais são eles? Continue a leitura!

Como surgiram os 14 princípios de Fayol

Formado em mineração, Fayol sempre gostou de assuntos relacionados a negócios. Tanto que criou o Centro de Estudos Administrativos — um encontro com pessoas interessadas na temática. 

Em 1888, o engenheiro assumiu a direção da mineradora francesa Commentry-Fourchambault-Decazeville, prestes a falir. O seu empenho e técnica, porém, fizeram com que a empresa voltasse a se estabelecer. 

Anos mais tarde, o administrador publicou no livro Administração Industrial Geral os seus conhecimentos, incluindo os 14 princípios de Fayol. 

Atualmente, grande parte desses conceitos já são aplicados nas empresas, o que faz com que sejam vistos como óbvios. Porém, eles continuam sendo importantes para os modelos de gestão. 

1. Divisão do trabalho

De acordo com Fayol, quando os colaboradores são divididos por especialização, a produtividade aumenta. Isso acontece porque o profissional pode exercer as mesmas ações diariamente, fazendo com que ele ganhe agilidade ao longo do tempo e um rendimento maior. 

Por sua vez, as mudanças constantes podem fazer com que o funcionário perca a produtividade. Então, é importante que haja a divisão do trabalho. 

2. Autoridade

Outra ideia fundamental é a de que o gestor precisa ser líder e ter autoridade. Ao mesmo tempo, é necessário que a equipe saiba receber os comandos e cumprir o papel que lhe foi cabido. 

3. Disciplina

Um reflexo da autoridade é a disciplina. Ela é alcançada por meio de regras de conduta para que todos saibam como se portar, mantendo a ordem na empresa. 

4. Unidade de comando

Outro dos 14 princípios de Fayol é o da unidade de comando. Segundo esse conceito, cada pessoa deve receber orientações apenas de uma pessoa, seguindo a hierarquia da corporação. O líder deve ser o superior mais próximo, como o coordenador ou o gerente.

5. Unidade de direção

Para que uma empresa seja bem-sucedida, é importante que haja um planejamento estratégico e que todos saibam a direção a seguir. Toda a equipe precisa estar alinhada para atingir o mesmo objetivo. 

6. Interesses gerais

Também chamado de “subordinação”, o conceito dos interesses gerais se refere à capacidade de todos os profissionais colocarem a empresa na frente dos próprios interesses. 

7. Remuneração

Todo o trabalho e esforço dos profissionais devem ser compensados de maneira remunerada. O salário precisa ser compatível com as atividades desenvolvidas. 

8. Centralização

A centralização diz respeito ao chefe ter responsabilidade, mas poder, também, delegar algumas funções às outras pessoas. Consequentemente, ele não se sobrecarrega e os profissionais exercem os seus papéis. 

9. Ordem

Esse princípio se refere à organização. Tanto o espaço físico quanto as tarefas precisam estar ordenados para que o trabalho possa acontecer. 

10. Equidade

Os líderes são os responsáveis por manter a disciplina e inspirar os funcionários a manter o melhor comportamento dentro da empresa. 

11. Hierarquia

Segundo Payol, a empresa precisa ter alguém com autoridade para conduzir todos os processos organizacionais. 

12. Estabilidade

A estabilidade dos funcionários deve ser encarada como um fator bastante importante para as empresas. Quando a rotatividade é alta, a organização precisa gastar mais, além de perder tempo até contratar e treinar novos colaboradores. Por isso, o recomendável é buscar estratégias para manter os profissionais no negócio. 

13. Iniciativa

A iniciativa da equipe é um dos príncipios fundamentais para qualquer empresa. Vale a pena incentivar os funcionários a serem pró-ativos, para que executem os projetos e detectem problemas. 

14. Espírito de equipe

As empresas que mais crescem são aquelas onde todos gostam do que fazem e agem em conjunto para atingir o melhor resultado. O espírito de equipe, sem dúvida, é um dos aspectos mais importantes em que todas as corporações devem apostar. 

Conclusão

Mesmo os 14 princípios de Fayol terem sido criados no século passado, eles ainda são usados pelas empresas. Atualmente, é praticamente impossível pensar em corporações que não queiram que os profissionais tenham iniciativa e espírito de equipe, por exemplo. 

Para quem quer melhorar a gestão organização, é interesse conhecer a obra desse estudioso e pensador da administração. Quem sabe você não descobre novos métodos para aplicar no seu negócio?

Para ter acesso a mais conteúdos como esse, siga acompanhando a Ignição Digital!

Fórmula de Lançamento - Inscrições Abertas

Este guia definitivo reúne a base de todas as minhas estratégias de marketing para alavancar vendas ou criar um negócio 100% digital do zero.

DIGITE SEU E-MAIL E BAIXE O SEU GUIA GRATUITAMENTE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *