Como Fazer CNPJ Para Autônomo

Como Fazer CNPJ Para Autônomo

O número de empreendedores individuais cresce a cada ano. Para aproveitar melhor as atividades empresariais neste caso, o ideal é regularizá-las por meio da criação de uma MEI (micro empresa individual). Está ingressando no mercado agora? Confira neste artigo como fazer CNPJ para autônomo e aproveitar os benefícios!

Como fazer CNPJ para autônomo?

Uma dúvida muito comum: como fazer CNPJ para autônomo? Na verdade, legalizar sua empresa dentro do Simples Nacional é mais tranquilo do que parece, porém é importante verificar as limitações relacionadas ao seu tipo de negócio.

Além disso, só pode obter o MEI aquele empreendedor individual que faturar no máximo 60 mil reais ao ano e não for participante como sócio ou titular em nenhuma outra empresa.

Vale lembrar que também só se pode ter um funcionário que receba no máximo o salário mínimo ou o piso permitido pela categoria.

Veja a lista de atividades permitidas no MEI e confira abaixo como registrar o seu CNPJ de autônomo:

Pela internet

Hoje é possível registrar seu negócio diretamente pela internet, por meio do Portal do Empreendedor, do governo.

É só acessar, clicar em “formalizar-se” e preencher o formulário seguido do cadastro. Imediatamente você receberá seu CNPJ e seu número de inscrição na junta comercial.

Imprima, assine e leve à Prefeitura junto da cópia de seu RG e CPF.

Por empresas de contabilidade

Existem empresas de contabilidade especialistas em formalização do MEI. Elas são optantes pelo Simples Nacional, não cobram nada pelo serviço e realizam todos os processos necessários para abertura do CNPJ.

Sobre os custos

Manter o MEI exige contribuições mensais. São elas:

  • • R$ 47,70 (INSS) – variável, refere-se a uma porcentagem do salário mínimo.

São adicionados ao valor:

  • • R$ 5,00 – para prestadores de serviço;
  • • R$ 1,00 – para comércio e indústria.

Os valores acima só são pagos em caso de emissão de nota pela empresa.

Benefícios do MEI

Abrir um MEI oferece benefícios como:

  • • emissão de notas fiscais;
  • • acesso a auxílio maternidade e doença, aposentadoria, entre outros;
  • • mais facilidade no trabalho com contas bancárias e aquisição de empréstimos;
  • • isenção de alguns tributos federais;
  • • maior credibilidade e segurança jurídica;
  • • mais poder de negociação;
  • • possibilidade de contratar um funcionário para qualquer cargo.

Entendeu porque saber como fazer CNPJ para autônomo é tão importante?

Aproveite o melhor de sua empresa com muito mais lucratividade e sucesso. Aposte nas dicas do Ignição Digital!

 

Fórmula de Lançamento - Inscrições Abertas

Este guia definitivo reúne a base de todas as minhas estratégias de marketing para alavancar vendas ou criar um negócio 100% digital do zero.

DIGITE SEU E-MAIL E BAIXE O SEU GUIA GRATUITAMENTE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *