Aprenda Sobre Lean Canvas e Comece sua Startup!

Aprenda Sobre Lean Canvas e Comece sua Startup!

Aprender o que é e como aplicar o Lean Canvas pode ajudar empreendedores a entender melhor sobre suas ideias, tirá-las de vez do papel e iniciar uma verdadeira organização no modelo de startup. 

O Lean Canvas é uma ferramenta diversa e extremamente útil em diversos contextos. Neste artigo você vai aprender:

  • – o que é o Lean Canvas;
  • – como preenchê-lo;
  • – todas as suas vantagens;
  • – e mais!

Confira o artigo que preparamos abaixo e saiba sobre todos os tópicos acima!

O que é Lean Canvas?

O Lean Canvas é uma técnica utilizada para planejar ideias e, a partir delas, desenvolver um novo modelo de negócio para uma empresa. Por essa razão, é comumente utilizado por quem tem interesse em abrir uma startup. 

A ferramenta é baseada no conceito de Business Model Canvas (em tradução livre, Quadro de Modelo do Negócio), que também tem como função desenvolver modelos de negócio. 

A diferença entre um e outro é que o formato adaptado para as startups tem seu foco em hipóteses que necessariamente serem validadas logo no início da criação da organização. 

O Business Model Canvas é mais indicado para empresas já estabelecidas que estão em busca de uma oportunidade para inovar em determinada área. O contrário das startups, que não tem um modelo de negócio definido e ainda não fizeram testes de mercado. 

Essencialmente, o Lean Canvas é um quadro. Ele conta com nove blocos diferentes que devem ser preenchidos de acordo com suas temáticas. É como um grande brainstorm que tem como objetivo desenvolver o melhor modelo de negócio para aquele empreendimento. 

Como preencher o Lean Canvas?

Agora que você já entende o que é o quadro, chegou a hora de entender sobre cada um de seus blocos e o que deve ser feito para preenchê-los. São nove blocos, veja:

  1. 1. problema: quais são os três principais problemas que sua empresa precisa resolver? O que você busca solucionar para os seus clientes em potencial? Liste em ordem de importância. Sem um problema, você não terá um produto ou serviço realmente relevante;
  2. 2. segmento de cliente: o segmento está diretamente ligado com os problemas que você está se propondo a resolver. Quem são as pessoas que precisam da sua solução? O ideal é que cada quadro de Lean Canvas conte com apenas um tipo de cliente. Se você identificou mais de um, o ideal é criar um quadro para cada;
  3. 3. proposta de valor: aqui, basicamente, você resume o seu produto ou serviço em poucas palavras (mas que devem ser escolhidas muito bem). É o principal motivo pelo qual as pessoas vão escolher comprar de você, ou seja, aquilo que só a sua empresa pode oferecer. Lembre-se de não fazer propaganda enganosa ou prometer coisas que não cumpre;
  4. 4. solução: elabore um MVP (produto mínimo variável), ou seja, o menor conjunto de funcionalidades que consegue entregar para o cliente a proposta de valor descrita acima. Pode ser que você não descubra isso logo de cara, mas é exatamente para isso que serve o Lean Canvas: ter ideias e a chance de aplicá-las;
  5. 5. canais: como você vai alcançar seu cliente? Aqui você define de que forma o produto ou serviço vai alcançar o potencial cliente. Faça uma lista dos canais gratuitos e pagos;
  6. 6. receitas: quais serão os fluxos de receita do seu negócio? Defina um modelo (como assinatura ou freemium) e também indicadores para validar se sua ideia está dando certo;
  7. 7. estrutura de custos: uma lista de todos os custos fixos e variáveis que a empresa terá que arcar, ou seja, tudo aquilo que é preciso para levar o produto ou serviço ao mercado. Quanto vai custar?
  8. 8. métricas-chave: defina os KPIs do seu negócio, as ações e métricas que vão te ajudar a entender como está o desempenho da organização. É essencial para identificar uma empresa saudável;
  9. 9. vantagem injusta: esse é o elemento mais difícil de todos os blocos do quadro. É aquilo que não pode ser copiado ou comprado, e não necessariamente diz respeito apenas ao produto ou serviço que é oferecido. pode ter relação com a empresa em si, com sua visão, capital humano, entre outros. 

Veja como é sua estrutura:

Conclusão

O Lean Canvas é a ferramenta que ajuda a dar clareza para quem está em busca de abrir uma startup, pois funciona como um direcionamento para o brainstorm, colocando em evidência as hipóteses mais relevantes para o negócio em si. 

Isso evita possíveis erros e ainda otimiza o tempo do empreendedor, que foca seus esforços em pontos que são realmente importantes para o futuro da empresa. 

Gostou de aprender o que é o conceito e como pode utilizá-lo? Caso já tenha tido contato com a ferramenta, conte para a gente aqui nos comentários como foi sua experiência! 

Para mais artigos como esse continue acompanhando a Ignição Digital!

Fórmula de Lançamento - Ebook

Este guia definitivo reúne a base de todas as minhas estratégias de marketing para alavancar vendas ou criar um negócio 100% digital do zero

DOWNLOAD GRATUITO DO EBOOK

Ao se inscrever, você também irá receber e-mails de promoção/marketing do Erico Rocha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *