Como moderar comentários: 7 dicas que vão tornar o seu trabalho muito mais fácil

banner-klicksite

Comentários costumam gerar sentimentos ambíguos entre quem produz conteúdo. Se, em determinados momentos, eles são um indicador do caminho que devemos seguir e um estímulo para produzir conteúdos ainda melhores, em outros eles são um grande aborrecimento. Em casos mais extremos, eles podem até fazer com que você perca a fé no seu conteúdo e/ou nos visitantes do seu blog ou site.

Por outro lado, produzir conteúdo é essencial para melhorar o seu tráfego orgânico, e lidar com os comentários faz parte dessa caminhada. Além disso, eles são uma ótima ferramenta para aumentar sua presença e relevância na comunidade.

Então, para unir o útil ao agradável, o melhor a fazer é encorajar as discussões, criando limites saudáveis no seu site ou até mesmo uma política de comentários. Assim, seu público sentirá que tem um espaço onde pode ser ouvido, e você evitará aborrecimentos.

Veja também Como atrair milhares de visitantes para seu site ou blog l Parte 01

E como moderar comentários sem se estressar? Existem 7 dicas simples e fáceis de implementar que podem facilitar – e muito! – o seu trabalho:

 

1. Modere os comentários

 

moderar-comentarios

 

Seja qual for a plataforma que você utilize, ela com certeza permite a moderação de comentários. Você pode, por exemplo, alterar as configurações do site ou blog para que os comentários sejam encaminhados diretamente para o seu e-mail. Assim, você pode aprová-los ou não antes que sejam publicados no site.

Essa ainda é a melhor maneira de manter o controle e garantir que o nível da discussão está adequado. Quando você modera os comentários, mostra aos visitantes que ali é um lugar “seguro”, onde todos podem dar sua opinião ou fazer perguntas.

É fácil comprovar a eficácia da moderação. Nos sites em que ela não é feita, não é difícil encontrar comentários agressivos e até mesmo desrespeitosos, alterando completamente o sentido da discussão.

 

 

2. Use um filtro de spam eficiente

 

filtro-spam

 

Recorrer a um bom filtro de spam facilitará muito o seu trabalho. Essas ferramentas mantêm os spammers fora do seu site e da sua caixa de entrada e armazenados em uma pasta de spams. Naturalmente, pode ser que a ferramenta não identifique todos os spams, mas com certeza irá reconhecer os mais óbvios, e isso já ajuda muito.

Um dos filtros mais comuns é o Akismet. Geralmente, esse plugin já vem com o WordPress, e você só tem que fazer a ativação no código.

 

 

3. Crie uma política de comentários

 

politica-comentarios

 

Tenho um exercício para você: pare um minuto e pense no que você quer ou não permitir das discussões do seu site ou blog. Faça uma lista, nem que seja só para você mesmo. De preferência, faça essa atividade antes de começar a publicar os conteúdos e/ou liberar os comentários.

Se achar adequado, você pode até mesmo compartilhar esse documento no seu site, para que os visitantes também o vejam. Claro que isso só vai funcionar de fato se você aplicar essas regras sempre que moderar os comentários.

Outra alternativa é acrescentar uma orientação breve acima do campo dos comentários, como “Não seja desrespeitoso” ou algo do gênero. De preferência, acrescente mais uma ou duas linhas explicitando o que isso significa.

 

 

4. Procure responder a todas as perguntas dos seus visitantes

 

responder-perguntas

 

Busque responder às perguntas no mínimo de tempo possível. Uma boa dica de aproveitar esses comentários é listar os mais interessantes e relevantes e colocá-los em uma página de perguntas e respostas. Isso pode, inclusive, ajudá-lo a aperfeiçoar sua linha editorial ou mesmo criar uma, caso ainda não tenha.

Entretanto, uma pergunta importante é: será que você realmente precisa responder a todos os comentários? Algumas pessoas acreditam que todo comentário deve ser respondido, nem que seja apenas com um “Obrigado”. Outros sugerem que não há problema em não responder a todos, a menos que tenha alguma questão ou observação que realmente precise de uma resposta.

No final das contas, cabe a você decidir qual é a melhor solução. Vale lembrar que, conforme a audiência do seu site for aumentando, você pode acabar mudando de opinião, já que há o risco de ficar sem tempo para responder cada um dos comentários.

 

 

5. Defina o quanto você está disposto a ajudar de graça

 

ajudar-de-graca

 

Se você trabalha como consultor ou oferece algum tipo de serviço, precisa definir o quanto você está disposto a falar de graça quando alguém fizer perguntas do tipo “como fazer…” nos comentários do seu site. As duas decisões mais comuns são:

  1. Responder a questões mais complexas relacionadas ao serviço que você presta, desde que elas sejam relevantes e úteis para a maioria dos visitantes
  2. Não dar nenhuma resposta orientação pelas quais os seus clientes normalmente pagariam

Seja qual for a sua decisão, procure uma maneira diplomática de direcionar o seu visitante para a página de contato ou de serviços quando sentir que a discussão deve ser feita no meio off-line (quem sabe até mesmo agendando uma consultoria ou reunião com você).

 

 

6. Não seja submisso a ameaças, linguagem abusiva ou provocadores

 

provocadores

 

O site ou blog é seu, certo? Então, não cabe a nenhuma outra pessoa decidir o que pode ou não ser publicado nos seus artigos. E mais: você não tem obrigação nenhuma de publicar todos os comentários, principalmente quando alguém lhe intimidar ou assediar.

No entanto, isso não significa que você deve deletar qualquer comentário com uma opinião contrária à sua. Discussões podem ser muito saudáveis e, enquanto se mantiverem assim, devem ser encorajadas. Se a opinião foi exposta de maneira coerente e respeitosa, não há por que não aprovar o comentário.

Isso reforça a ideia de que o seu site é um espaço aberto a contribuições e, consequentemente, melhora também a sua imagem. Resumindo: críticas devem ser recebidas de braços abertos, desde que sejam construtivas e bem elaboradas.

 

 

7. Cuide bem dos autores convidados

 

cuidar-autores-convidados

 

Se você pretende convidar outras pessoas para escrever no seu blog ou site e usa WordPress (ou outra plataforma que permita isso), cadastre cada uma como usuário na plataforma e faça com que recebam um e-mail cada vez que os artigos delas receber um novo comentário. Essa é uma das melhores maneiras de ajudá-los a se envolverem com seus conteúdos e de monitorar quais comentários foram respondidos.

Também é função sua evitar que eles sejam insultados ou desrespeitados. Afinal de contas, eles são seus convidados, e sua política de comentários também deve protegê-los.

 

Agora que você já sabe os maiores segredos para lidar com os comentários , crie sua política de comentários, defina quais, como e com que frequência serão respondidos e não perca a oportunidade de transformar o seu blog ou site em um palco para discussões relevantes para a comunidade. Tudo isso, com certeza, ajudará a transformar seu site em uma poderosa ferramenta de marketing.

banner-klicksite

Fórmula de Lançamento - Inscrições Abertas

Este guia definitivo reúne a base de todas as minhas estratégias de marketing para alavancar vendas ou criar um negócio 100% digital do zero.

DIGITE SEU E-MAIL E BAIXE O SEU GUIA GRATUITAMENTE

3 thoughts on “Como moderar comentários: 7 dicas que vão tornar o seu trabalho muito mais fácil”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *