Avalie a Rentabilidade do Seu Negócio Com o Cálculo de Margem

Todo empreendedor deve conhecer os indicadores para avaliar a rentabilidade e saber como está a saúde financeira da sua empresa. O cálculo de margem é um dos mais importantes, porque traz o quanto de lucro você efetivamente está obtendo. Neste post, eu vou contar mais para você sobre o assunto e ensinar como fazer essa análise. Vamos lá?

Tipos de cálculo de margem

Existem três tipos de cálculo de margem: a bruta, a líquida e a de contribuição. Cada uma delas deve ser empregada em um contexto e requer fórmulas diferentes para serem obtidas. Vamos conferir quais são essas características?

Margem Bruta

Margem bruta indica a rentabilidade do seu negócio, ou melhor, qual porcentagem de lucro que você obtém a cada venda. É importante fazer essa análise porque nem todos os seus produtos podem apresentam a mesma margem e isso talvez seja sinal de que você precisa mudar suas estratégias. Além disso, esse fator deve ser considerado ao precificar suas mercadorias.

Mas é importante não confundir margem bruta com lucro. Este último diz respeito ao valor total por cada venda, ou quanto sobra com a venda de cada produto após descontar os custos envolvidos na sua produção e comercialização – como gastos com matéria-prima, manutenção da fábrica, frete, serviços entre outros.

A fórmula para calcular a margem bruta é:

Margem Bruta = Lucro Bruto / Receita Total X 100

Margem Líquida

Margem líquida é o lucro líquido da empresa para cada real em receita. Resumindo: diz respeito à quantidade de dinheiro lucrado a cada real de receita obtido depois de descontados todas as despesas e impostos. Exemplo: se a sua empresa registro lucro líquido de 10, isso significa que para cada 100 reais recebido, houve lucro líquido de 10 reais.

Portanto, para calcular a margem líquida, você deve empregar a seguinte fórmula:

Margem Líquida = Lucro Líquido / Receita Total X 100

Margem de Contribuição

O último tipo de cálculo de margem é a de contribuição. Relativa ao preço do produto, indica quanto o negócio gera de recursos para destinar às despesas fixas dos seus produtos e ainda obter lucro.

Para calculá-la, você deve usar a fórmula seguinte:

Margem de Contribuição = Preço – Custos e Despesas Variáveis da Venda

Se o resultado dessa equação for um valor superior ao total das despesas fixas, isso significa que sua empresa está apresentando lucro. Do contrário, se for inferior, é sinal de prejuízo. Mas para chegar a essa conclusão, é necessário avaliar os dados em conjunto porque individualmente podem indicar estratégias da empresa ou a margem de um produto pode equilibrar a do outro.

[GUIA] NEGÓCIOS LUCRATIVOS

Desperte o seu lado empreendedor e descubra o que fazer para ter um negócio sustentável e rentável em qualquer cenário. Baixe o Guia para Investir:

Insira seu email e receba o ebook:

Como sugestão, recomendo a leitura do nosso artigo sobre negócios lucrativos. Nele você terá algumas ideias de negócios com alta rentabilidade, caso queira investir de maneira mais assertiva.

Deu para entender o que é cálculo de margem – bruta, líquida e de compreensão? Agora, coloque em prática para obter melhor panorama sobre seu negócio!

Até a próxima!

Fórmula de Lançamento - Inscrições Abertas

Este guia definitivo reúne a base de todas as minhas estratégias de marketing para alavancar vendas ou criar um negócio 100% digital do zero.

DIGITE SEU E-MAIL E BAIXE O SEU GUIA GRATUITAMENTE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *