A Importância de Um Bom Modelo de Orçamento para Prestação de Serviços

modelo de orçamento

Ao apresentar uma proposta de serviço a um cliente é indispensável que você saiba como fazer um modelo de orçamento. Afinal, o documento detalha informações de valores e qual será o tipo de atividade prestada. 

Com essas informações em mãos, o cliente consegue analisar mais detalhadamente se conseguirá contratar os serviços, tirar dúvidas, entre outras coisas.

No artigo de hoje você vai aprender:

  • – como fazer um modelo de orçamento para prestação de serviços;
  • – porque é importante se atentar aos possíveis erros no orçamento.

Como fazer um modelo de orçamento para prestação de serviços?

Ter um modelo de orçamento para prestação de serviços pode facilitar a sua rotina de trabalho. Isso porque com o padrão dele pronto, fica mais fácil se organizar e passar as demandas para toda sua equipe.

Como é um documento que dá início ao processo de venda, é importante que ele seja direto e específico, por isso, ao criar o seu modelo não se esqueça de informações básicas, como:

  • – descrição dos serviços a serem prestados;
  • – identificação da empresa e do colaborador responsável pelo orçamento;
  • – formas de contato (telefone, e-mail, etc);
  • – valor do serviço e quantas vezes será realizado;
  • – valor total do orçamento.

Outro ponto importante é informar o prazo da proposta, afinal, você pode querer oferecer desconto por um tempo determinado e, depois, cobrar o preço real da prestação de serviços. 

Além disso, não se esqueça de informar as formas de pagamento aceitáveis e se existe a possibilidade de parcelamentos. 

Um modelo de orçamento bem produzido pode ser o diferencial em relação aos seus concorrentes. Por isso, não deixe de adicionar o logo da sua empresa no documento para que os seus clientes não confunda com outras. 

Preparado para fazer um bom modelo de orçamento para prestação de serviços que seja fácil de ler e interpretar? Então confira o passo a passo, que você deve seguir, abaixo:

Cabeçalho

A parte inicial do orçamento é destinada aos dados da empresa. Geralmente, essas informações já são um padrão e não será necessário trocar a cada nova proposta. É importante ter:

  • – logo da empresa;
  • – nome;
  • – CNPJ;
  • – formas de contato, como telefone, celular e e-mail;
  • – endereço.

Endereçamento

O endereçamento é uma prévia para quem será destinado o serviço. Ou seja, vem antes das informações do cliente. Considere:

  • – para quem é o orçamento (pessoa física ou jurídica);
  • – cidade e data de emissão;
  • – número do orçamento em questão.
  • – data da entrega do serviço.

Detalhes do serviço

Nessa parte é importante detalhar o serviço que será executado para que não restem dúvidas em quem estiver contratando. Por isso, coloque as seguintes informações:

  • – tipo de serviço;
  • – etapas a serem executadas;
  • – quantidade de vezes que será necessário prestar o serviço;
  • – quantos colaboradores deverão fazer;
  • – preço da atividade em questão;
  • – orçamento total.

Se quiser, adicione um cronograma com o que será feito em cada um dos dias trabalhados.

Dados do cliente

Os dados do cliente são para a identificação e meio de contato. Não se esqueça de coletar o:

  • – nome do contratante;
  • – CNPJ (se necessário);
  • – CPF;
  • – endereço;
  • – formas de contato (telefone, celular e e-mail). 

Formas de pagamento

Quais serão as formas de pagamento aceita: à vista, cartão de crédito, boleto ou outros? Essa etapa é extremamente importante, uma vez que é a hora da decisão. Deixe claro e não se esqueça de adicionar os possíveis descontos e prazo da proposta.

Campos adicionais

Existe alguma observação a ser feita? Deixe-a para o final. Geralmente, essa parte é direcionada caso haja alteração no orçamento final, possibilidade de mudança de colaboradores responsáveis, entrega do serviço, entre outras questões.

Finalize com a assinatura do responsável pela proposta, dia, local e carimbo da empresa. 

Atente-se aos erros no documento

Estar atento a todos os campos de preenchimento é a garantia do seu orçamento. Afinal, caso algum erro passe despercebido, é a imagem do seu negócio que será prejudicada. 

Tenha em mente que se você verificar que a instalação elétrica é mais cara do que foi passado ao cliente, por exemplo, certamente ele não ficará nada contente em ter que mudar seu planejamento para um valor maior. 

Por isso, antes de enviar a proposta, verifique várias vezes e peça para outros colaboradores verifiquem também. Dessa forma, você minimiza as chances de erros e está pronto para prestar um bom serviço ao seu contratante. 

Conclusão

Hoje você aprendeu sobre os detalhes para montar um modelo de orçamento para prestação de serviços que seja eficiente, ágil e de fácil interpretação. 

Aprendeu também como esse documento pode ser importante para a diferenciação de propostas concorrentes e como é importante se atentar aos possíveis erros de preenchimento. 

Para mais assuntos ligados à negócios, continue acompanhando o blog da Ignição Digital

Fórmula de Lançamento - Ebook

Participe do meu grupo no Telegram! Sacadas e conteúdo exclusivo para quem quer se aprofundar mais no mundo do marketing digital, lançamentos e 6 em 7.

FAÇA SUA INSCRIÇÃO

Ao se inscrever, você também irá receber e-mails de promoção/marketing do Erico Rocha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *