3 Modelos de E-commerce Para se Inspirar

3 Modelos de E-commerce Para se Inspirar

O comércio virtual pode ser considerado, hoje, algo que realmente tomou o mercado para si. Dificilmente alguém que compra algo em lojas não faz uma pesquisa pela internet antes para verificar se está fazendo um bom negócio. Diante de tantas opções, portanto, se você quer entrar nesse meio, precisa se destacar e apostar em bons modelos de e-commerce.

Sabe como selecioná-los e qual é o melhor para que você inicie seu negócio ou até mesmo dê um novo fôlego a ele? Confira este artigo e descubra!

Qual dos modelos de e-commerce é o melhor para você?

Com a popularização do comércio digital, surgiram diversos modelos de e-commerce, cada um com suas particularidades. Veja abaixo alguns que selecionei:

1. Modelos gratuitos

Para quem quer começar a vender produtos pela internet, os modelos gratuitos de e-commerce são, sem dúvidas, as melhores opções disponíveis. Já contam com plataformas próprias e consolidadas e normalmente não cobram por anúncios. Alguns exemplos famosos são o Mercado Livre e o Elo 7.

CLIQUE e baixe o ebook!

Outro dos benefícios deste modelo é que você não precisa de nenhum tipo de apoio logístico ou montar grandes equipes. O envio é todo organizado pelo próprio site e ainda há a opção de entregar o produto nas mãos do comprador — uma negociação muito mais direta.

Uma desvantagem que poderíamos apontar é em relação às limitações. É necessário fazer muitas negociações com sucesso para obter uma boa reputação e ser realmente indicado, além de não ter grandes possibilidades de customização de seu espaço na plataforma.

2. Modelo de aluguel

Um pouco menos conhecido, o modelo de aluguel é melhor para quem já tem uma marca consolidada. Isso porque, no caso, você pagará pelo aluguel da plataforma, mas já precisará ter toda a identidade para encaixá-la no layout escolhido.

Existem diversos tipos de planos e possibilidades de customização, com suporte efetivo e até mesmo integração com sistemas de gestão. Alguns exemplos são a D Loja Virtual e a Loja Integrada.

3. Plataforma própria

Para quem já tem uma empresa sólida e uma marca bem construída, com muitas vendas online e um histórico de sucesso, a melhor ideia é apostar em uma plataforma própria. É um investimento alto, e você partirá do zero, mas poderá fazer exatamente o que desejar desde o primeiro projeto de modelo de vendas e entrega até o rodapé da página!

Muitas lojas físicas apostam nesse modelo, hoje, para estender seus negócios para a internet. Alguns casos famosos são as Casas Bahia, Ponto Frio e até mesmo supermercados, como o Mambo e o Pão de Açúcar.

Veja o que você precisa para criar o seu negócio digital de sucesso, com um método que pode ser aplicado em qualquer segmento. CLIQUE e baixe o ebook!

Deve ter em mente que entre os modelos de e-commerce, esse é o que exige mais tempo e mão de obra para o desenvolvimento. Além disso, é importante contar com suporte tanto para os clientes quanto para o próprio site, com equipes de programadores de plantão. A logística também deve ser pensada.

Entretanto, sem dúvidas é o modelo que mais oferece autonomia e confiança para o consumidor. O que quer dizer que, com bom trabalho e muito esforço, logo todo o investimento será retomado!

Agora que sabe mais sobre modelos de e-commerce, aproveite para conferir outros artigos sobre gestão empresarial aqui no Ignição Digital!

Fórmula de Lançamento - Inscrições Abertas

Este guia definitivo reúne a base de todas as minhas estratégias de marketing para alavancar vendas ou criar um negócio 100% digital do zero.

DIGITE SEU E-MAIL E BAIXE O SEU GUIA GRATUITAMENTE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *