Teste A/B: confira a importância e o método correto de aplicação

Você costuma fazer testes para descobrir as táticas que dão mais resultado? Conheça o modelo de Teste A/B e veja como aplicar testes da maneira correta.

Pior que não testar é não testar direito.

Por que fazer testes?

Como todo bom empreendedor, é normal que você queira aumentar sua taxa de conversão. Para isso, é preciso inovar e melhorar cada vez mais não só os seus serviços e produtos, mas a forma de divulgação dos mesmos. É aí que os testes entram: eles servem para que você faça um “diagnóstico” e apure o quanto seus diferentes métodos de divulgação estão convertendo.

Exemplo de teste

Digamos que você tenha duas formas de divulgação: um parágrafo e um vídeo (A) e textos mais longos, sem nenhum vídeo (B). A partir disso, os resultados dos modelos A e B seriam comparados e você teria a sua resposta. Mas não pense que é tão simples assim. Há uma forma correta de comparar esses dados.

Como aplicar os testes

CLIQUE e baixe o ebook!

Muitos erram nessa etapa, o que é um grande problema, pois não testar direito é muito pior que não testar. Não adianta você revezar o dia do conteúdo A e o dia do conteúdo B. Os resultados de segunda-feira podem ser melhores que os de domingo, e assim por diante.

O ideal é que você tente excluir ao máximo os diversos fatores que podem mudar os resultados. Uma boa maneira de fazer isso é com a ajuda de softwares que embaralham as versões para os visitantes, de forma aleatória. Ou seja, a primeira pessoa que entrar no site verá o conteúdo A, a segunda pessoa verá o conteúdo B, a terceira o A, e assim por diante.

O Visual Web Optimizer é ótimo para isso, e o Google também possui um software gratuito para essa finalidade.

Leia também: Networking nos negócios: você precisa criar oportunidades

Significância estatística

A grande sacada dos testes, no entanto, é o conceito da significância estatística, que, em uma explicação resumida, pode ser considerada como o selo de qualidade que valida os resultados do seu teste. Em outras palavras, a significância estatística mostra quais as chances do seu resultado ser uma mera coincidência ou não. O objetivo, então, é que você faça uso deste selo de qualidade para dar mais credibilidade aos resultados de seus testes.

Com essa medida você poderá adotar o método de divulgação que, com certeza, é mais eficaz com o seu público-alvo. O conceito de significância estatística foi apresentado a Erico Rocha pela psicóloga Ruth Buczynski, que fez uso de técnicas de marketing digital para alavancar seu negócio e alcançar quase 2 milhões de faturamento.

Confira a entrevista com Ruth Buczynski – Marketing Digital e Psicologia

Veja o que você precisa para criar o seu negócio digital de sucesso, com um método que pode ser aplicado em qualquer segmento. CLIQUE e baixe o ebook!

Conclusão:

– Aprimore-se. Teste mais de um modelo de divulgação
– Faça uso do teste A/B com a ajuda de softwares
– Utilize a significância estatística para validar os resultados do seu teste

Por último, não se esqueça desse conselho super importante: por mais que outra pessoa tenha testado, faça o teste você também. Vários fatores podem influenciar o mercado, como o país ou região em que o método foi aplicado, o mercado local, dias da semana, entre vários outros.

E-Book - 28 Técnicas de Persuasão que Podem Aumentar Significativamente As Chances de Você Receber um Sim

Baixe gratuitamente o livro com 28 técnicas de persuasão que podem aumentar significativamente as chances de você receber um Sim.

100% Gratuito!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *