Os 10 maiores erros na produção de conteúdo e como evitá-los

banner-klicksite

Querendo ou não, todos nós sofremos com o excesso de informação. Basta um clique, e você terá à sua disposição um oceano de ideias, artigos e histórias – muitos dos quais não são realmente úteis para você.

Enquanto antigamente a informação era escassa, hoje é o tempo que se encontra nessa situação. Por isso, você precisa valorizar o tempo dos visitantes do seu blog ou site com o mesmo respeito que eles lhe dão. Isso é ainda mais importante se você deseja que eles dediquem uma parte ainda maior do seu tempo ao seu conteúdo.

À primeira vista, produzir um conteúdo e compartilhá-lo pode parecer barato. Mas a verdade é que, quanto mais tempo você tomar dos seus visitantes, mais valor deverá adicionar ao seu blog ou site. Do contrário, você estará apenas desperdiçando o tempo dos leitores.

E, considerando que o tempo é cada vez mais precioso, ninguém pensará duas vezes antes de sair do seu site se sentir que está apenas perdendo tempo.Então, se é para ocupar o tempo dos usuários, certifique-se de que você está fazendo isso agregando valor à informação oferecida.

Os erros na produção de conteúdo são muitos e vão desde não conhecer o seu público a perder o interesse pelo seu assunto. Mas, se você está passando por alguma dessas dificuldades, não se preocupe; com um pouco de prática e seguindo as dicas abaixo, é mais fácil identifica e resolver o problema.

Veja também Como otimizar um site e conseguir mais visitantes: 5 dúvidas frequentes

Confira quais são os principais erros na produção de conteúdo e como evitá-los:

 

1. Exagerar na complexidade

complexidade

Costuma-se pensar que complexidade é sinônimo de sofisticação e inteligência, quando na verdade é justamente o contrário.

Se você quer ser sofisticado e valorizar o tempo do leitor, experimente usar metáforas para ilustrar ideias abstratas ou histórias para explicar conceitos mais complicados.

O grande segredo é simplificar a sua mensagem – mas só o suficiente para que os seus leitores entendam o conteúdo com um tempo menor de leitura.

 

2. Ser autocomplacente

historia-vida

Sejamos sinceros: dependendo do seu nicho, é provável que os visitantes do seu site ou blog não estejam tão interessados assim em você, nas suas histórias ou na sua vida.

Conforme já falamos antes, sua função é inspirar e principalmente ajudar seus visitantes. Isso não significa que você não deve falar das suas experiências; pelo contrário, elas podem ajudar o leitor a se identificar com você e/ou o seu negócio e agregar valor e personalidade ao conteúdo. Mas é preciso ter cuidado para não exagerar.

Então, da próxima vez que você pensar em contar algo sobre sua vida, pergunte a si mesmo: O que meus visitantes podem tirar de bom dessa história? Como ela pode ajudá-los? Se a resposta não for boa o suficiente, é melhor pensar em algo diferente para dizer.

 

3. Publicar diariamente sem necessidade

tempo-perdido

Outra pergunta que você precisa se fazer é: seus visitantes estão ansiosos para receber um e-mail falando de outro conteúdo seu, ou é você quem está ansioso e enchendo a caixa de entrada deles sem necessidade?

Quando você publica e divulga um conteúdo sem adicionar nenhum valor ou dizer algo de novo, está desperdiçando o tempo do leitor – e ele logo partirá em busca de conteúdos mais interessantes.

A dica é produzir conteúdos apenas quando tiver algo a dizer. Se você conseguir fazer isso todo dia, melhor ainda. Do contrário, é melhor produzir conteúdos realmente bons, em frequência menor, do que apenas fazer o visitante perder tempo com algo que não vai impactá-lo.

 

4. Escrever apenas para o Google

google

Produzir um conteúdo preocupando-se apenas com os resultados obtidos no Google é uma ótima maneira de afastar os visitantes do seu site. Fazendo isso, você estará literalmente escrevendo para robôs, e não para pessoas.

Seus visitantes não estão interessados em palavras chave, então, não deixe que o Google o impeça de ser criativo. O grande segredo é escrever pensando no seu público e só depois otimizar o conteúdo para os mecanismos de busca.

 

5. Focar no tamanho do texto

conteúdo-grande

Você é daquelas pessoas que fica o tempo todo parando para contar o número de palavras ou de caracteres? Para muitas pessoas, conteúdo longo nem sempre é sinônimo de qualidade. Mais do que a quantidade de palavras, você precisa se preocupar com o que você quer comunicar.

Imagine que você produziu um conteúdo que, para os seus padrões, é curto. Mas você conseguiu transmitir com clareza a sua mensagem? Se a resposta for positiva, não há necessidade de fazer o seu público perder tempo lendo algo que foi escrito só para aumentar o tamanho do texto.

 

6. Fazer encerramentos fracos

conclusão

Esse é um erro facilmente cometido. Imagine que você investiu muito tempo e pesquisa em um conteúdo. No final, você faz rapidamente uma conclusão, e está tudo acabado, certo?

Entretanto, uma conclusão sem graça é suficiente para fazer todo o seu trabalho ir por água abaixo e deixar os visitantes do seu site com uma péssima impressão.

Não desaponte seu público com uma conclusão fraca; o entusiasmo precisa estar em todo o texto, inclusive no final. Uma boa maneira de fazer isso é começar escrevendo a conclusão ou escrevê-la um dia depois de fazer o conteúdo.

 

7. Não saber para quem está escrevendo

escrever-publico-alvo

Quando você não sabe exatamente para quem está escrevendo, escreve para todo mundo, e seus conteúdos correm o risco de ficarem muito genéricos. E, nesse caso, você acabará não falando para ninguém.

Se você está passando por essa dificuldade, existem dois exercícios que podem ajudar. O primeiro – e mais importante – é definir a sua linha editorial. Assim, você delimita com mais clareza sobre o que e com quem vai falar.

O outro é imaginar que você está conversando com uma única pessoa. Isso ajudará a fazer com que o seu conteúdo fique mais pessoal e agrade mais ao leitor.

 

8. Não se importar mais com o assunto

indiferente

Você precisa estar apaixonado (ou pelo menos muito interessado) pelo assunto sobre o qual vai falar. Se você parar de se importar, o que impede o seu público de fazer o mesmo?

Conteúdos entediantes farão com que o público não tenha vontade de ler. Se, por outro lado, você deixa transparecer o seu entusiasmo, eles ficarão ainda mais interessados no assunto.

Mas como fazer isso se você mesmo está se sentindo entediado? Bom, essas dicas podem ajudar:

  • conversar com os clientes e descobrir como você pode ajudá-los
  • encontrar um bom vendedor e perguntar como ele venderia suas ideias
  • procurar um expert e aprender detalhes mais interessantes
  • explorar outros tópicos que possam ser relacionados ao seu
  • desafiar-se a escrever o melhor conteúdo de todos

Lembre-se de escrever quando estiver entusiasmado, só assim seu público se apaixonará pelo seu assunto.

 

9. Editar os conteúdos em menos de 5 minutos

editar-conteudo-rapido

Você consegue produzir um conteúdo realmente bom em um tempo surpreendentemente rápido? Caso sim, será que isso é bom para o seu público?

Para ficar de fato irresistível, um conteúdo precisa passar por pelo menos 4 etapas:

  1. Veja o fluxo do artigo. Existe algum parágrafo que possa ser removido sem alterar o sentido do texto? Os parágrafos estão naturalmente ligados entre si?
  2. Tire os trocadilhos ou frases engraçadinhas que não sejam engraçados ou relevantes.
  3. Melhore cada frase. Divida as mais longas em duas, troque palavras complicadas por outras mais simples e corte palavras redundantes.
  4. Corrija os erros de gramática e ortografia.

 

Quanto mais você se esforçar na edição do conteúdo, mais ele será fácil de ler, e os visitantes do seu site ficarão agradecidos.

 

10. Não mostrar sua personalidade

esconder-personalidade

É possível que centenas ou até mesmo milhares de pessoas façam conteúdos sobre o mesmo assunto que você. Então, como se destacar nesse cenário?

Por mais que as suas dicas sejam úteis, se você não compartilhá-las deixando sua personalidade transparecer, seu conteúdo parecerá idêntico ao de todos os outros sites. Existem algumas maneiras simples de fazer isso:

  • faça novas abordagens
  • apresente argumentos que sugerem uma abordagem diferente daquela que todos acreditam ser a correta
  • compartilhe experiências pessoais
  • mostre o seu senso de humor
  • revele um pouco de quem você é para que o público se identifique com você

Mantenha sempre em mente que, por mais importante que sejam, não são apenas as suas dicas que atraem os visitantes do seu site ou blog, mas também quem você é.

 

Recapitulando

No final das contas, tudo é uma questão de equilíbrio. Não basta apenas saber para quem é o seu público-alvo ou como deixar o conteúdo otimizado. É preciso analisar o cenário completo para entregar um conteúdo objetivo, bem escrito, que revele um pouco da sua personalidade e faça com que os visitantes voltem sempre ao seu site ou blog para ver o que você tem a dizer.

O mais importante é que você produza conteúdos novos, com informações úteis e relevantes e focando no seu público-alvo. Assim, você irá superar esses problemas naturalmente, e seus leitores ficarão não apenas agradecidos, mas também ansiosos pelos próximos conteúdos.

banner-klicksite

Fórmula de Lançamento - Inscrições Abertas

Este guia definitivo reúne a base de todas as minhas estratégias de marketing para alavancar vendas ou criar um negócio 100% digital do zero.

DIGITE SEU E-MAIL E BAIXE O SEU GUIA GRATUITAMENTE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *