Como prever a necessidade de capital de giro do seu negócio

Aprenda como prever a necessidade de capital de giro no seu negócio

Eu já ensinei para você aqui no Ignição Digital o que é o capital de giro, além de sua funcionalidade, gerenciamento e uso dentro de sua empresa. Com certeza você conhece a importância dele para o seu negócio, mas consegue prever a sua necessidade? Aprenda hoje aqui comigo!

Necessidade de capital de giro

A maioria das empresas precisam dispor de capital de giro para fazer o negócio funcionar de forma saudável, com as contas no azul, sem comprometer a lucratividade.

Esse capital representa um ativo que trabalha pelo seu negócio, constituído entre bens que podem se transformar em dinheiro ou crédito em curto prazo, estoques, matérias primas, aplicações financeiras, dinheiro em espécie, crédito no banco, etc.

O capital de giro é necessário para garantir que sua empresa não fique devendo para os fornecedores, muito menos para os colaboradores, sendo que na ausência dele é muito arriscado você não conseguir adquirir matérias primas, produzir, vender, enfim, fazer o investimento girar dentro do seu negócio.

Como fazer essa previsão?

Independentemente se você está abrindo o negócio agora ou quer consolidar o capital de giro da sua atual empresa, para fazer uma previsão exata da necessidade de capital de giro você precisa calcular os valores exatos dos Ativos Circulantes, Passivos Circulantes e despesas fixas.

AC ou Ativos Circulantes = valor em caixa, saldo no banco, aplicações financeiras, contas a receber, entre outras.

PC ou Passivos Circulantes = despesas com fornecedores, contas a pagar, custos de produção, etc.

Basicamente, a necessidade do capital de giro se prevê da seguinte forma: AC menos PC = Valor do Capital de Giro.

Ou seja, você pegará todos os bens da empresa que possam se tornar crédito em curto prazo, valores de contas a receber, valores em estoque e diminuirá pelo valor de contas a pagar.

Por exemplo: No mês de janeiro de 2016 a Oficina Automotiva do Carlos possuía um AC de 50 mil reais. Já o PC do negócio era de 27 mil reais. Portanto, o capital de giro da Oficina no mês vigente era de R$23 mil. Entendeu?

O segredo é fazer uma previsão exata, com uma margem de erro para despesas imprevistas e nunca trabalhar com capital de giro baixo, pois isso é muito arriscado!

Se você quer receber outras sacadas sobre a saúde financeira do seu negócio cadastre o seu e-mail gratuitamente e receba nossa newsletter!

Fórmula de Lançamento - Inscrições Abertas

Este guia definitivo reúne a base de todas as minhas estratégias de marketing para alavancar vendas ou criar um negócio 100% digital do zero.

DIGITE SEU E-MAIL E BAIXE O SEU GUIA GRATUITAMENTE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *