Criar Blog: Os 3 Ingredientes que podem salvar seu blog do fracasso online (O #3 é o mais importante)


banner-klicksite
Você gostaria que seu blog se tornasse uma poderosa ferramenta de marketing, capaz de aumentar sua lista de emails, atrair pessoas interessadas no seu produto/serviço e gerasse um impacto direto e significativo no seu faturamento?

Eu tenho certeza que sim…

Porém, existem grandes chances que você esteja cometendo erros no seu blog que estão impactando diretamente o faturamento da sua empresa.

Fica tranquilo. Neste artigo você vai aprender de uma maneira simples e didática, quais são os 3 ingredientes fundamentais para que o blog da sua empresa se torne uma maquina de vendas

Na verdade, você pode até seguir exatamente o caminho que nós utilizamos para transformar um Blog em uma ferramenta de vendas.

Daqui a pouco nós vamos continuar falando sobre esse assunto.

Mas antes é importante que você entenda o porquê o seu blog pode ser o caminho mais rápido e poderoso de criar conexão com o seu público, transformar sua empresa ou sua marca em uma referência e converter visitantes em clientes.

Preparado para ter um Blog que gere vendas para sua empresa? Se você ainda não definiu o motivo pela qual você precisa ter visitantes no seu site. Leia o artigo: “Como atrair milhares de visitantes para o seu site ou blog”.

 

Continue lendo este artigo para saber mais sobre:

  •  Vale a pena ter um blog?

  •  Qual a melhor plataforma para ter o meu blog?

  •  Como criar uma linha editorial eficiente?

  •  Como mensurar os resultados do meu blog?

 

Vale a pena ter um blog?

Essa é uma pergunta que muitos empresários e profissionais de comunicação tem feito todos os dias. Será que realmente vale a pena investir em produção de conteúdo? Não é melhor simplesmente comprar tráfego?

Um dos números mais perigosos para sua empresa talvez seja o “número 01”. Muitos negócios tem ido a falência simplesmente porque as estratégias número 01 pararam de funcionar.

O blog da sua empresa representa uma estratégia sólida de construção de audiência e relacionamento com o seu avatar.

Se você dedicar seus esforços no uso correto do seu blog, criando lista, produzindo conteúdo relevante e criando um funil de conversão, você estará no caminho correto.

Portanto, a resposta é: Vale a pena ter blog, caso contrário, você pode estar perdendo muito dinheiro.

Mas eu não faço ideia de como criar um blog

Não ter conhecimento técnico para criar um blog, configurar o servidor, otimizar a parte estrutural do site, definir links e ter que ficar gerenciando a hospedagem de um site, talvez seja um dos principais obstáculos que por muito tempo impediram muitos empreendedores de publicarem seu conteúdo online.

 

Falo que isso é passado porque hoje nós temos diversas ferramentas que simplesmente eliminam toda a parte técnica do processo.

O seu único trabalho é de criar e promover o seu  conteúdo.

Ferramentas como o Klicksite, que são capazes de lhe entregar um blog como este no qual você está lendo este artigo.

Você não precisa se preocupar com criação de layout,  configurações no servidor, configuração de plugins e toda a parte técnica.

Cuidado com o Gerenciador de Conteúdo errado…

Outro ponto importante é com relação as técnicas de SEO. Muitos gerenciadores de conteúdo não foram feitos pensando nos mecanismos de busca, pelo contrário, o que diminui drasticamente suas chances de ser encontrado através da busca orgânica.

E esse é exatamente o primeiro ingrediente…

 

Ingrediente número 01: Plataforma otimizada para os mecanismos de busca

campo fertil blog

 

Não adianta plantar boas sementes em um terreno que não é fértil.
Simplesmente não funciona.

 

Não adianta você realizar um excelente trabalho de produção de conteúdo, utilizando todas as técnicas de SEO (Otimização para os mecanismos de busca) se a plataforma que você está utilizando não foi pensada para ser amigável aos buscadores.

A primeira parte dessa receita consiste em observar onde você está plantando suas sementes. Análise o terreno, veja se ele é amigável aos buscadores, se a configuração está sendo feita da maneira correta.

Se você identificar que a plataforma não é a ideal, a minha dica é: Não perca mais tempo, mude o quanto antes.

Eu preparei uma sequência de diversos artigos onde eu ensino como analisar diversos pontos no seu site, acredito que esse conteúdo pode lhe ajudar na sua decisão.

 

Ingrediente número 02: Linha editorial
linha-editorial-ajuda

 

As pessoas não odeiam ler?

Dizem que as pessoas não gostam de ler. Que grande mentira.
Na verdade, as pessoas não gostam de ler sobre assuntos que elas não se interessam.

Se o médico lhe disser que você está com uma doença chamada: Síndrome do Clique nervoso.

Qual a primeira coisa que você vai fazer quando chegar em casa? Acertou!

Vai abrir o Google e pesquisar absolutamente TUDO sobre Síndrome do Clique nervoso.
(Essa doença não existe, eu acho). Percebeu o que eu quis dizer?

Se a sua empresa está com problemas no faturamento, você vai ler o que for preciso para descobrir como resolver esse problema.

Se nesse momento você está lendo este artigo, acredito que porque de alguma forma você tem um problema que possa ser resolvido através da informação que estamos compartilhando.

Portanto, a sua linha editorial precisa e deve ser criada para resolver problemas do seu público. Simples assim.

Divida os problemas em no mínimo 3 categorias.

 

Exemplo do Ignição Digital:
As pessoas tem dúvida sobre como trabalhar com email marketing. Criar uma categoria sobre email marketing com dicas e estratégias.

As pessoas tem dúvidas sobre como gerar tráfego orgânico.

Criar uma categoria para apresentar dicas, estratégias e estudo de caso ensinando a gerar tráfego orgânico.

Ok, mas como descobrir os problemas da minha audiência?

Isso vai parecer um pouco obvío demais, porém, eu não conheço um jeito melhor de descobrir isso. A melhor forma é perguntando…

No último vídeo, antes de escrever este artigo eu simplesmente perguntei para as pessoas quais eram os objetivos, o que elas estavam buscando e as pessoas responderam.

Talvez você não tenha uma lista de emails para realizar uma pesquisa, mas você tem o Google e diversas ferramentas de pesquisa de palavra chave.

Assunto que eu vou tratar em um outro artigo. Combinado?

Se concentre em descobrir quais são os principais problemas que o seu cliente está enfrentando, escreva artigos ensinando como resolver esses problemas.

Você irá gerar dois sentimentos na sua audiência:

Primeiro: Gratidão
As pessoas vão te amar porque você ajudou a resolver um problema delas.

Segundo: Respeito
As pessoas vão te respeitar porque você mostrou que sabe das coisas, mostrou que tem conhecimento, portanto, é uma autoridade.

Quer criar uma linha editorial vencedora? Escreva para resolver problema do seu público. Antes de escrever qualquer linha faça essa pergunta: Esse conteúdo vai fazer a diferença na vida de alguém?

Ingrediente número 03: Mensuração e Conversão

analytics e mensuração

Aquilo que não é medido, não é gerenciável.
Se você não dedicar atenção ao seu blog, ele não vai gerar resultados, isso é um fato.

Quantos visitantes o seu blog tem por mês? Desse total de visitantes quantos se cadastram na sua lista de emails? Quantos se tornam clientes?

Se você não tem essa resposta na ponta da língua, você não está mensurando absolutamente nada.

Se o seu blog não gera receita, eu não indicaria você continuar trabalhando de graça. Honestamente eu me preocuparia com todas as horas perdidas em artigos que simplesmente não irão trazer nenhum retorno financeiro.

Então, como fazer com que meu blog gere receita?

Ufa! Pensei que você nunca ia me perguntar isso…

Já que você está honestamente interessado, vou abrir o jogo com você.

O segredo para transformar o seu blog em uma ferramenta de vendas, está exatamente no momento no qual você faz a venda.

Vou ser mais claro…

Tudo que eu lhe ensinei até agora diz respeito a:

 Ingrediente número 01: Escolha uma plataforma otimizada para investir na produção de conteúdo,

Ingrediente número 02: Crie uma linha editorial eficiente que resolva problemas. Isso irá lhe tornar uma autoridade.

Agora que você foi encontrado e então ajudou a resolver um problema, você precisa apresentar uma oferta que pode ajudar a resolver aquele problema em um prazo diferente, isto é, curto prazo, ou algo que se demonstre como uma escolha mais inteligente na relação custo benefício.

 

Como fazer uma oferta de vendas no meu conteúdo?

oferta-de-vendas

Exemplo: Imagine que eu faço um conteúdo ensinando 50 estratégias que podem lhe ajudar a aumentar em 10x a audiência do seu site.

E eu até explico todas as estratégias, são todas validadas.

Porém, no final do artigo eu falo: Agora que você conhece essas estratégias, te convido a conhecer também o meu Curso Online onde eu revelo minhas 5 estratégias preferidas para aumentar o tráfego em 10x.

Ou talvez, você possa citar no final do conteúdo algo como: Agora que você sabe a importância de ter um blog otimizado, com uma linha editorial eficiente e criar um funil de conversões e sabe a importância, entre em contato conosco e solicite um orçamento da nossa consultoria.

O importante é que você saiba a hora certa de fazer uma oferta dentro do seu conteúdo informacional. O ideal é que mesmo que o seu cliente não compre absolutamente nada, ele fique totalmente grato porque você compartilhou algo valioso.

Recapitulando

Então a sequência consiste em:

Tenha uma plataforma eficiente e otimizada para os mecanismos de busca (Klicksite, ou uma outra ferramenta que seja amigável aos mecanismos de busca)

Crie uma linha editorial que ajude o seu público a resolver problemas

Apresente uma oferta no final do conteúdo que quebre as objeções e ajude a resolver os problemas que levaram sua audiência até aquele conteúdo.

Mensure exaustivamente todos os números do seu site e adapte ofertas, identifique objeções e acompanhe sempre os resultados.

banner-klicksite

Fórmula de Lançamento - Inscrições Abertas

Este guia definitivo reúne a base de todas as minhas estratégias de marketing para alavancar vendas ou criar um negócio 100% digital do zero.

DIGITE SEU E-MAIL E BAIXE O SEU GUIA GRATUITAMENTE

7 thoughts on “Criar Blog: Os 3 Ingredientes que podem salvar seu blog do fracasso online (O #3 é o mais importante)”

  1. Primeiramente, parabéns ao Érico Rocha pelo site que está bem leve e com um layout agradável. Por si só, despertou-me o interesse em conhecer melhor a ferramenta KlickSite para reestruturar meu projeto.

    Parabenizo também o autor do artigo, o Natanael Oliveira, que discorreu de forma simples sobre o assunto.

    Lancei um Blog no dia 21/12/2012, com quase nenhum conhecimento técnico na área, sem saber como construir uma lista, nem também encontrar as ferramentas corretas para otimizá-lo para gerar leads, transformando-as em vendas. Pensei que com o site atrairia anunciantes, mas com pouco mais de 1 ano, só consegui duas empresas para anunciar e não fui capaz de fazer uma lista.

    O site foi lançado por uma paixão que tenho com a Corrida de Rua e depois fui observando que seria um bom nicho para trabalhar. Mas, precisaria publicar um número razoável de artigos semanais e como não sou da área de Educação Física, Nutrição Esportiva ou Fisioterapia, tive que contratar profissionais destas áreas para desenvolver conteúdo. No entanto, a dificuldade financeira, não permitiu-me constância nestas publicações. Fiz algumas parcerias com alguns destes profissionais para os mesmos produzirem artigos em troca da divulgação do trabalho deles no site. Mas, não tive muito compromisso neste sentido.

    Apesar do site está no ar, estou pensando em retirá-lo para reestruturá-lo, com campanhas efetivas de e-mail marketing, criar alguns vídeos, pensar em uma isca para atrair para a lista e monetizar para contratar Colunistas fixos.

    A Fan Page está com quase 11 mil fãs, mas também houve diminuição nas publicações, existindo pouco engajamento.

    Acredito no potencial do meu nicho, sei o que está faltando fazer, mas a questão é: como fazer de forma eficiente e obter resultados…

    Vou analisar a possibilidade de contratar os serviços do KlickSite e KlickMail. Porém, confesso que atualmente, tornar-se um investimento “alto”.

    Obrigado!

    1. Gustavo, é verdade o post coloca importantes dicas e que devem ser seguidas por todos que desejam ter um blog/site de sucesso. Quando precisei criar o meu site tinha inúmeras dúvidas e não tinha conhecimento técnico, fiz a opção por construtores de site. Utilizei o SITE123 (pt.site123.com) e com menos opções no processo de criação fizeram com que eu tivesse mais facilidade e também cometesse menos erros.

  2. Otimo conteudo do Natanael……sem duvidas que seguindo esses tres ingredientes poderosos podemos dar um upgrade para aumento de lista, trafego e conversões.

    Valeu mesmo!!!!!

  3. Excelente matéria…é como li num dos e-mails da cris e do romualdo não existe e-mail ou matéria grande demais. Existe e-mail ou matéria chata e desinteressante, o que com certeza não é o caso dessa matéria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *