IGD #1 -Marketing Digital – O Quão Somos Irracionais!

thumb01


“A mente é igual a um pára-quedas, só funciona se estiver aberta…” Autor desconhecido.

Para começar a abrir a sua mente, resolvi postar  este vídeo para você.

Por quê? Bem, este video do Dan Ariely, pesquisador do MIT, demonstra que nós (isso mesmo, tanto eu quanto você) não temos tanto controle sobre as nossas decisões o quanto intuitivamente pensamos que temos.

Nós acordamos de manhã e a nossa intuição nos diz que estamos 100% no controle das nossas decisões, por exemplo: do que vestimos, do que comemos, etc. Contudo, este video demonstra o quanto a nossa intuição nos engana, mesmo em áreas como a visão, área em que somos extremamente bons, fazemos 70% do dia e temos uma região dedicada em nosso cérebro para cuidar dela.

Logo, a pergunta que vai ficar é:

“Se a nossa intuição pode nos enganar e nos fazer cometer erros em áreas em que temos uma razão evolutiva para ser experts”, imagina quantos erros ela nos faz cometer em áreas como Marketing ou Marketing Digital, que é uma área relativamente nova e que não temos nenhuma razão evolutiva para ter excelência?


Ignição Digital

Espero o seu comentário,
Erico Rocha

Mais no Ignição Digital:

IGD #6 – O Stradivarius do Marketing Digital (T01 Parte 3/3)
IGD #5 – Ponto Cego – 30 milhões por email (T01 Parte 2/3)
IGD #4 – Ponto Cego do Marketing Digital (T01 Parte 1/3)
IGD #3 -A Ignição da Ignição Digital
IGD #2 -Uma Homenagem a Steve Jobs – Ignição Digital

E-Book - 28 Técnicas de Persuasão que Podem Aumentar Significativamente As Chances de Você Receber um Sim

Baixe gratuitamente o livro com 28 técnicas de persuasão que podem aumentar significativamente as chances de você receber um Sim.

100% Gratuito!

23 comentários sobre “IGD #1 -Marketing Digital – O Quão Somos Irracionais!”

  1. Gostaria de receber este vídeo em especial, assisti a todos, mas este não abriu por favor gostaria de recebe-lo. O quão somos irracionais. Muito obrigado!

  2. Estou maravilhado com essa palestra. Fiquei impressionado em como nossa mente está bloqueada para tantas coisas.Parecemos ser donos das nossas decisões, mas na verdade somos escravos dos nossos hábitos. Estou lendo “O Poder do Hábito” (espero poder mencioná-lo aqui Erico, se não puder, me desculpe), e estou ainda mais curioso em aprender como nossos hábitos podem nos influenciar de forma tão negativa em muitos pontos. Conheci seu site há pouco tempo, e agora estou vendo vídeo por vídeo, para que possa entrar no Fórmula de Lançamento conhecendo melhor o seu trabalho!

  3. achei interesanti gostaria muito de aprender como aplicar na minha vida pos fasso marquenti multinivil des dos meus 18 anos ja perdi a conta di quantos ja fis mas os ganhos semori muito polco gostaria de aprender aplicar ese sistema nos meus negocil afinal ja nao sol mais criansa ja tenho 45 anos ja oasol da hora de me aposentar como vc viver oque numca tivi condisao de viver espero anciosamenti da sua resposta maria nilde severino da silva f

  4. Fantástico!! Os exemplos do vídeo são muito bons. Aliás, os vídeos do TED são sempre excelentes, mas confesso que este vídeo me pos a pensar/filosofar. Será que somos manipulados sem saber mesmo? é coisa pensada, induzidos, tecnica de marketing? hehe!! vou compartilhar o vídeo com certeza, não consigo tirar da cabeça a mensagem que deixou. abs!

  5. MUITO BACANA! Novas informações ( conhecimentos) nos levam a refletir , ainda mais quando estamos procurando uma novo caminho para obter sucesso profissional.Porém o desafio é colocar em prática tudo isso para transformarmos em resultado.

  6. Realmente !
    São Coisas do Nosso Dia a Dia que Passam Desapercebidas, Já vi muitas Empresas Usarem a Técnica da Revista, Que é Ate Uma Boa Ideia para Vender Dois Produtos; o Tom e Jerry Reforçou uma Dica que Ouvi de “Lair Ribeiro” em uma de Suas Palestras, Não Colocar o Seu Produto Perto de Um Produto Melhor.
    Ótimo Vídeo de Grande Valia Para o Aprendizado, e ainda Aprendi Jantar sem Migalhas.

  7. O conteúdo desta parte do livro ficou bem melhor ilustrado agora. Realmente bastante interessante e uma arma poderosa se bem usada e usada para o bem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *