Como Fazer Uma Análise SWOT

Saber como fazer uma análise SWOT é princípio básico para todo empreendedor. É por meio dessa metodologia (por sinal, uma das mais clássicas da administração) que se obtém diagnóstico preciso sobre seu negócio e o cenário ao redor. Com isso, você tem todas as informações para tomar decisões mais assertivas.

Se você ainda não sabe como fazer uma análise SWOT ou nem conhece esse conceito, vou explicar melhor. SWOT é uma sigla em inglês para Strenghts (Forças), Weakness (Fraquezas), Opportunities (Oportunidades) e Threats (Ameaças). No Brasil, você também pode ter ouvido falar no termo FOFA para se referir a essa ferramenta de avaliação.

O resultado dessa análise é a Matriz SWOT. Ela ajuda a identificar os principais fatores internos a serem trabalhados e quais os pontos externos que exigem atenção do empreendedor. Além de ser útil na tomada de decisões, essa metodologia contribui para conhecer sua posição em relação à concorrência, antecipar-se com investimentos em inovações e obter alternativas de ação.

Dicas de como fazer uma análise SWOT

A dúvida de muitos empreendedores é como fazer uma análise SWOT eficaz. Se você está entre eles, tenho uma boa notícia: a aplicabilidade dessa ferramenta é fácil e prática. Dependendo do negócio, pode ser feita pelo gestor da empresa ou por um profissional do marketing. Mas, independentemente do condutor responsável, deve envolver toda a equipe para se conseguir um diagnóstico mais completo e eficaz.

Lembra-se quando eu expliquei sobre o significado da sigla SWOT? Pois bem, cada um deles deve ser analisado individualmente. Forças e Fraquezas dizem respeito ao fatores internos e Oportunidades e Ameaças aos fatores externos.

Analise os Fatores Internos

O primeiro passo de como fazer um análise SWOT eficaz engloba conhecer seu próprio negócio. E não há forma mais eficaz para fazer isso do que listar suas Forças e Fraquezas. Juntas, formam os fatores internos que podem ser controlados. São os seus pontos fortes e fracos que o colocam em vantagem ou desvantagem, respectivamente, em relação aos seus concorrentes.

Aqui vai uma dica para levantá-los com mais assertividade: procure responder quais características o tornam o melhor em seu mercado de atuação. Com base nisso, você poderá analisar se todos os pontos de sua empresa estão ou não de acordo com o cenário. Alguns para avaliar: localização, reputação, recursos humanos, recursos financeiros, tempo de mercado, acesso à matéria-prima, infraestrutura, gestão, entre outros.

Analise os Fatores Externos

As Ameaças e Oportunidades estão no ambiente externo à sua organização e não podem ser controlados. Quando você aprende como fazer uma análise SWOT, pode identificá-los para concluir se eles são relevantes ao seu negócio, no sentido de impactá-lo (positiva ou negativamente). Dessa forma, você pode elaborar um plano de ação que permita aproveitar melhor as tendências de mercado ou se adaptar às dificuldades do mercado.

A análise SWOT dos fatores externos deve ser feita a nível micro e macroambiente. O primeiro refere-se ao setor em que você atua (clientes, fornecedores, concorrentes, novos entrantes, substitutos, intermediários, entidades de classe), Já o segundo refere-se ao que está além da sua área de atuação (cenário econômico, demográfico, tecnológico, sociocultural, natural).

Num momento de incertezas como o atual, somente as empresas que estiverem atentas a essas oscilações e transformações poderão se preparar melhor para o futuro.

Como usar a análise SWOT

Quando você tiver levantado suas Forças, Fraquezas, Oportunidades e Ameaças terá formado a Matriz SWOT. O próximo passo é relacionar todos esses fatores entre si com o objetivo de maximizar os pontos positivos e minimizar os negativos. Assim:

• Forças e Oportunidades: quais são os pontos fortes de sua empresa que podem ajudá-lo a maximizar as oportunidades?
• Forças e Ameaças: quais pontos fortes da sua empresa podem contribuir para minimizar as ameaças encontradas?
• Fraquezas e Ameaças: quais atitudes você deve tomar para diminuir as fraquezas e minimizar as ameaças?
• Fraqueza e Oportunidades: quais fraquezas estão impedindo sua empresa de aproveitar as oportunidades?

Já falei aqui como usar a Matriz SWOT no seu marketing digital.

Ao fazer sua análise SWOT, procure ser o mais realista e objetivo possível para priorizar os pontos efetivamente relevantes ao seu negócio. Depois, é só aproveitar essa ferramenta para conhecer melhor a sua empresa e o mercado como um todo!

E-Book - 28 Técnicas de Persuasão que Podem Aumentar Significativamente As Chances de Você Receber um Sim

Baixe gratuitamente o livro com 28 técnicas de persuasão que podem aumentar significativamente as chances de você receber um Sim.

100% Gratuito!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *