Saiba o que é Como Fazer Um Briefing em 4 Passos

Como Fazer Abertura de Firma de Maneira Simples

O briefing é um documento em que constam diversas informações sobre algum cliente, projeto ou reunião realizada.

Quer saber mais sobre esse assunto e aprender como fazer um?

Então confira este artigo que preparei para você e reúna todas as informações necessárias!

Entenda o que é um briefing

A palavra briefing significa, traduzindo do inglês para o português, “instrução”. 

Ou seja, o briefing é um material que instrui quem irá trabalhar com ele passando todos os dados necessários para a realização de um trabalho. 

Os ramos da Administração, Relações Públicas, Eventos, Design, Marketing e Publicidade costumam usar bastante esse tipo de expressão.

Porém, realizar esse tipo de documento é ideal e pode ser feito em qualquer área ou empresa. 

Como fazer um briefing?

Para a realização desse tipo de documento, é preciso seguir alguns passos que irei mostrar a você. 

Veja quais são eles abaixo:

1. Faça o planejamento

Antes de elaborar essa instrução, você precisará fazer um planejamento sobre quais informações constarão nela. Isso ajudará a tornar seu projeto muito mais preciso. 

É necessário entender o que você precisa para conseguir dar vida àquele projeto. 

Nessa etapa, é preciso entender sobre o cliente, pensar em estratégias e ações que poderão ser feitas ao longo do projeto e ter uma ideia geral do que será tratado.

Pense nisso e depois separe quais informações são mais básicas e relevantes para compor o briefing e ajudar nessas estratégias. Depois, pense também em dados que possam servir como um extra. 

As dicas de informações que você pode colocar em seu documento você vê no próximo passo.

2. Tenha uma lista de informações

Você precisará listar todos os dados que quer coletar. 

Sua escolha irá depender muito do seu planejamento e objetivo. Porém, há algumas informações gerais que são importantes.

Como dados básicos, pode-se entender por: 

  • • nome da empresa;
  • • quanto tempo tem de atuação no mercado; 
  • • qual o segmento; 
  • • qual objetivo principal e metas;
  • • quem serão os pontos de contato; 
  • • qual é a missão e valores da empresa;
  • • todo o histórico de trabalho realizado e quais foram os resultados (pontos positivos e negativos) — por exemplo, se você está oferecendo um serviço de Inbound Marketing, precisa saber se algum trabalho como esse já foi feito antes;
  • • qual a trajetória da empresa até aqui e qual seu cenário atual no mercado; 
  • • quais produtos e serviços oferecem e detalhes sobre eles;
  • • como é feita a comunicação com o público e o mercado;
  • • qual é o perfil do público-alvo (reunindo dados como classe social, faixa etária, escolaridade, sexo, interesses, etc);
  • • se existe um plano de mídia traçado e em desenvolvimento;
  • • quais são os concorrentes e as vantagens e desvantagens sobre eles;
  • • quais são as outras marcas e empresas referências do segmento (
    benchmarking); 
  • • quais os maiores problemas da empresa;
  • • se há algo que precisa ser tratado com prioridade;
  • • quais os diferenciais oferecidos; 
  • • quais são as expectativas do projeto e da posição no mercado;
  • • média de receita, de acesso ao site, de compras finais;
  • • qual será a verba disponível para ações pagas. 

Com essas informações, será possível ter um panorama da empresa. 

Além disso, busque dados também sobre o site ou blog e a produção de conteúdo — caso tenha. 

Por exemplo, você pode requisitar informações sobre tráfego orgânico e pago do site, quais são os posts do blog que têm mais acesso, entre outros.

3. Contato com o cliente

Com a lista que fez em mãos, você precisará conversar com o cliente para retirar essas informações, certo?

Portanto, marque um encontro. Ele pode ser feito via e-mail também, mas presencialmente fica mais fácil caso você tenha dúvidas que surjam ao longo da conversa. 

Mantenha um contato frequente e o acione sempre que achar que precisa complementar seu briefing com novas informações. 

4. Estude o mercado

Por fim, a pesquisa de mercado é muito importante para melhorar seu documento e incrementá-lo, dando uma visão ainda mais ampla e completa. 

Sabendo quem são os concorrentes, você pode analisar os dados, o que oferecem, acessos e outros detalhes. 

Além disso, sua visão do mercado permitirá que mapeie processos, estratégias e ações que sejam interessante para aquele segmento e seu público-alvo.

Gostou de saber mais sobre o assunto? Já está preparado para criar seu documento com mais exatidão e evitar problemas posteriores?

Com o briefing, fica mais fácil evitar confusões, erro de informações, falta de comunicação e, ainda, melhora o contato e a assertividade das estratégias desenvolvidas.

Se você gostou, então siga acompanhando o Ignição Digital para conferir mais dos meus artigos e minhas sacadas!

Caso você precise elaborar também um documento para a parte comercial, veja aqui como fazer uma proposta comercial simples e torne essa etapa ainda mais fácil e assertiva.

Fórmula de Lançamento - Inscrições Abertas

Este guia definitivo reúne a base de todas as minhas estratégias de marketing para alavancar vendas ou criar um negócio 100% digital do zero.

DIGITE SEU E-MAIL E BAIXE O SEU GUIA GRATUITAMENTE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *