Quais São os Tipos de Licitação do Governo e Como Participar Delas

Conheça quais são os tipos de licitação do governo

Cliente estável, alta demanda durante um bom tempo perante a contratos, margens de lucro satisfatórias e garantidas, além de crescimento e visibilidade. Quem nunca sonhou em ter o governo como cliente? Aprenda quais sãos os principais tipos de licitação e como participar de cada uma delas!

O que é licitação?

As licitações são procedimentos contratuais formais adotados pelas Administrações Públicas, que servem para que um órgão do governo possa comprar e/ou contratar um serviço, perante a legalidade.

Esses procedimentos contratuais são uma espécie de convocatórias mediantes a condições pré-estabelecidas, por meio de editais e/ou convites.

As empresas convidadas ou interessadas no edital devem aceitar as propostas da licitação, atender todos os requisitos e entregar os bens ou serviços de acordo com o contrato. Entendeu?

Por exemplo, na construção de um prédio público, o governo deve convocar um edital com as especificações técnicas exigidas, a partir daí as construtoras que se enquadram pode se inscrever e aguardar o veredito final. Mas como esse processo funciona? Conheça os tipos de licitação.

Tipos de licitação

Quando o governo decide adquirir um bem ou serviço ele precisa escolher um dos tipos de licitação, contudo a legislação nacional pede para que os governos deem preferência aos pregões eletrônicos.

Conheça primeiros os limites financeiros de acordo com a licitação nacional:

Carta convite: para aquisição de bens ou serviços que variam de R$8 mil até R$80 mil, sendo que para obras, reformas e serviços de engenharia esse valor varia de R$ 15 mil até o teto de R$150 mil.

Tomada de preço: para aquisição de bens e serviços acima de R$80 mil até R$650 mil, sendo que para obras, reformas e serviços de engenharia esse valor aumenta de R$150 mil até o teto de R$ 1,5 milhão.

Concorrência: uma das mais comuns, ela é feita para aquisição de bens e serviços acima de R$650 mil, sendo que para obras, reformas e serviços de engenharia o valor é acima de R$1,5 milhão. Sendo que nestes casos não existem tetos com valores máximos.

Agora conheça as formas de seleção dos tipos de licitações

Um dos tipos de licitações mais comuns é a segmentação por Menor Preço, sendo que a vencedora é a que atende as especificações técnicas do governo, com o menor preço orçado.

Muitas empresas aceitam o valor zero ou até negativo, para que vençam a licitação e tenham prestígio ao atender o governo. Curioso, não é?

Outro tipo bem comum é a seleção por meio da Melhor Técnica, em que o vencedor não precisa ter o melhor preço, mas sim ter o melhor parâmetro técnico. Ele é muito usado para aquisição de bens muito específicos e/ou prestações de serviços complexos.

E algumas licitações o vencedor precisa apresentar o Menor Preço aliado a Melhor Técnica, porém nos editais normalmente fica claro qual das duas tem maior peso.

Como participar?

Fique atento aos comunicados dos governos e esteja atento às datas de abertura dos editais. Depois avalie os requisitos básicos e veja se sua empresa se enquadra com o contrato. A partir daí é se inscrever e torcer pela vitória.

Gostou do nosso artigo? Quer receber mais sacadas como essas? Assine nossa newsletter gratuitamente na parte destacada da página.

Fórmula de Lançamento - Inscrições Abertas

Este guia definitivo reúne a base de todas as minhas estratégias de marketing para alavancar vendas ou criar um negócio 100% digital do zero.

DIGITE SEU E-MAIL E BAIXE O SEU GUIA GRATUITAMENTE

One thought on “Quais São os Tipos de Licitação do Governo e Como Participar Delas”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *