Ouvir o público: uma dica de ouro para criar uma boa linha editorial

Fórmula de Lançamento Ignição Digital

Você já percebeu que, quando perguntamos aos visitantes de um site o que eles querem saber sobre determinado assunto, eles falam mais sobre os problemas que estão enfrentando do que sobre que soluções eles buscam?

Mesmo que você faça exatamente essa pergunta, eles não vão saber responder.

Isso acontece porque, na verdade, oferecer uma solução é tarefa sua.

Ninguém visitaria seu site se soubesse tudo sobre como resolver seus problemas. Se eles soubessem, com certeza não estariam lendo seu conteúdo, certo?

Então, o motivo pelo qual as pessoas lhe procuram é porque acreditam que você tem as respostas ou sabe indicar que caminho elas devem seguir para encontrar as soluções. Ou seja: elas não sabem realmente o que querem.

Confira também Como criar uma linha editorial vencedora e atrair milhares de visitantes qualificados

 

Descubra as motivações do público

 

motivacoes-publico

 

Isso não significa, de maneira nenhuma, que os visitantes do seu site são “inferiores” a você. Por sinal, você certamente já recorreu a um profissional de outra área para lhe ajudar com algo que você não sabia como resolver.

Entendendo as motivações do seu público, você ganha a oportunidade de ouro de aprender muito mais sobre os assuntos que ele vai gostar de ler.

Trata-se, então, de entender uma necessidade e atendê-la, de preferência antes que o público perceba que tem essa necessidade.

Quer uma boa dica para saber se você está no caminho certo? Um bom indício de que você está acertando é quando, ao terminar o conteúdo, visitante do seu site pensa ou diz: “Eu nunca havia pensado nisso!”

Mantenha isso em mente sempre que escrever um novo conteúdo.

Outro segredo para acertar aqui é envolver-se o máximo possível com o seu nicho. Estude, experimente, cometa e corrija erros. Entrar em contato com ideias diferentes o ajudará a antecipar o que o público quer.

Pode ser que você crie um produto ou serviço porque precisava dele, mas ele não existia ainda. Ou então, você pode informar as pessoas sobre o que elas precisam, porque você percebe que elas ainda não viram essa possibilidade.

A questão é: não há muito sentido em perguntar ao seu público o que ele quer quando ele nem tem essa resposta ainda.

 

 

E se rejeitarem meu produto?

 

rejeitar-produto

 

Suponha que você encontrou um bom nicho, com uma necessidade que você pode ajudar a resolver. Então, você decide criar conteúdos, e-book ou outro tipo de produto.

Mas o que acontece se as pessoas não estiverem preparadas para aceitar o seu produto, mesmo que precisem dele?

Nessa hora, é importante que você tenha um bom conteúdo ou landing page com uma história ou estudo que mostre às pessoas por que elas precisam desse produto.

Esse recurso deve introduzir o assunto às pessoas e ajudá-las a entender e querer o que você está oferecendo. Mesmo que, a princípio, alguém estranhe sua ideia, ele pode ser convencido após ver os fatos e argumentos que você tem a apresentar.

 

 

Perguntar ou ouvir?

 

perguntar-ouvir

 

Um último detalhe que você precisa saber é que há uma diferença entre perguntar e ouvir. Em outras palavras, isso quer dizer que ouvir o seu público alvo não significa necessariamente que você tenha que fazer perguntas.

Como já dissemos antes, quando você pergunta ao público do que ele precisa, é bem provável que ele não saiba a resposta.

Por outro lado, ouvir o público atentamente sobre os problemas que ele está enfrentando é o melhor caminho para descobrir o que ele gostaria que você dissesse e, consequentemente, criar uma boa linha editorial.

 

Fórmula de Lançamento Erico Rocha

Fórmula de Lançamento - Inscrições Abertas

Este guia definitivo reúne a base de todas as minhas estratégias de marketing para alavancar vendas ou criar um negócio 100% digital do zero.

DIGITE SEU E-MAIL E BAIXE O SEU GUIA GRATUITAMENTE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *