Conteúdos para nichos chatos: você sabia que tem uma arma secreta?

banner-klicksite

Você com certeza já ouviu alguém falar que seu nicho não era interessante o suficiente para o marketing de conteúdo. Essas pessoas ficam se perguntando: como produzir conteúdos para nichos chatos?

Quem sabe você mesmo já não se sentiu assim?

A verdade é que essa é uma desculpa esfarrapada. Não se trata do nicho, e sim da sua percepção. Significa que você não está pensando no que torna o seu negócio ou produto único.

Mas quer saber de um segredo? O nicho “chato” tem uma arma secreta. Você só precisa descobrir como usá-la.

 

Por que o único é bom?

unico-bom

 

Na maioria das vezes, se você parar para prestar atenção em um nicho que oferece algo longe do comum, verá que ele é realmente interessante.

Se o nicho não é comum, então, as pessoas não estão acostumadas a ele. Nesse caso, elas têm menos resistência e ficam interessadas.

Isso porque nós recebemos tanta informação diariamente, que não reagimos mais ao que estamos acostumados a ver.

Em outras palavras, nós criamos uma espécie de tolerância ao que é familiar.

Mesmo assim, continuamos sedentos por conteúdos. Mas a única maneira de se destacar é produzindo conteúdos únicos.

E é aqui que o seu nicho supostamente chato entra em ação: para fornecer conteúdos interessantes e únicos.

 

Tenha senso de humor

senso-de-humor

 

Sabe outra maneira excelente de criar um conteúdo que engaja e é muito compartilhado?

Encontrar humor no seu negócio e explorá-lo.

Várias empresas já usaram esse recurso, produzindo, por exemplo, vídeos brincando com seus próprios produtos ou clientes.

E a reação, na maioria das vezes, é melhor do que a esperada.

Quando bem utilizado, é isso que o humor faz: transforma um nicho simples e que parece sem graça em algo realmente sensacional.

 

6 passos para usar sua arma secreta

arma-secreta

 

Ainda está em dúvida se é possível deixar o seu nicho mais interessante? Experimente seguir esses 6 passos:

  1. Veja os recursos que você tem. Quais deles podem ser reformulados e transformados em conteúdo? Quais podem virar vídeos, infográficos, artigos etc?
  2. Como você pode deixar as informações mais interessantes para que tenham relação com os assuntos e discussões atuais?
  3. Qual é o melhor formato para cada informação? Infográfico? Vídeo? Artigo?
  4. Identifique as comunidades e canais que mais se adequam ao seu conteúdo.
  5. Se necessário, use propagandas e links patrocinados para dar mais impulso aos seus conteúdos no começo.
  6. Corrija os erros e repita o processo.

Na próxima vez em que se sentir desanimado, lembre-se: não existem nichos chatos, e sim percepções chatas de nichos.

 

Recapitulando

Você aprendeu:

A vantagem de investir em um nicho fora do comum

Por que você precisa encontrar seu diferencial e 3 passos para fazer isso

Como o senso de humor é capaz de conquistar o público

Como aproveitar sua arma secreta o máximo possível

Se você ainda está com dificuldades para produzir conteúdos por achar que o seu nicho não é tão interessante, experimente ler também Como deixar o seu conteúdo mais interessante (e um bônus para ter boas ideias)

Você já experimentou alguma dessas dicas? Conseguiu transformar um nicho aparentemente chato em algo realmente interessante? Deixe um comentário e compartilhe sua experiência!

banner-klicksite

Fórmula de Lançamento - Inscrições Abertas

Este guia definitivo reúne a base de todas as minhas estratégias de marketing para alavancar vendas ou criar um negócio 100% digital do zero.

DIGITE SEU E-MAIL E BAIXE O SEU GUIA GRATUITAMENTE

5 thoughts on “Conteúdos para nichos chatos: você sabia que tem uma arma secreta?”

  1. Perfeito, Érico! Depois que aprendi o valor do SEO e dos mini sites, descobri uma mina de ouro que pode ser explorada por qualquer um com paciência e visão. Produzir conteúdo sobre qualquer assunto torna-se um prazer e não uma tarefa chata quando se gosta do que faz.

  2. Ótimas dicas, muitas pessoas não querem trabalhar com nichos que não dominam, simplesmente por terem dificuldades de falar sobre o assunto, mas nada que uma boa pesquisa, planejamento de conteúdo não possa resolver.

    Outra alternativa é contratar um redator familiarizado com o assunto, pois o conteúdo vai dar a impressão de ter sido escrito por um especialista.

  3. Ótima dica. Realmente, o problema é a perspectiva não o nicho. Tenho uma dica que pode completar: Use perguntas interessantes do tipo “O que”, “Como”, “Por que”, “quando” e “Quem”. Por exemplo, para escrever sobre pneus, você poderia usar essas perguntas para estimular seu interesse e dos leitores:

    • “O que é usado para fabricar um pneu?”;
    • “Como é fabricado um pneu?”, “Como dobrar a vida útil de seus pneus?”;
    • “Por que os pneus são pretos?”;
    • “Quando foi fabricado o primeiro pneu?”;
    • “Quem inventou o pneu?”;

    Dica bônus: Pesquisar no Yahoo respostas sobre as perguntas mais feitas sobre determinado assunto também ajuda a saber o que as pessoas gostariam de saber e ler.

Deixe uma resposta para Lucas Hatano Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *